i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Paraná

Primeira mulher toma posse no comando-geral da PM no Paraná

Indicada pela governadora Cida Borghetti (PP), a coronel Audilene Dias Rocha ocupava, antes, o cargo de chefe do Estado Maior da corporação

  • PorDa Redação, com informações da Tribuna do Paraná
  • 11/04/2018 10:07
Troca de comando foi feita na manhã desta quarta-feira (11). | Gerson Klaina/Tribuna do Paraná
Troca de comando foi feita na manhã desta quarta-feira (11).| Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

O comando da Polícia Militar do Paraná mudou de mãos, após a saída do ex-governador Beto Richa (PSDB). Nesta quarta-feira (11), em cerimônia na Academia Policial Militar do Guatupê, em São José dos Pinhais, a coronel Audilene Dias Rocha assumiu o posto. Ela é a primeira oficial mulher a ocupar o comando-geral da corporação em 163 anos.

Indicada pela governadora Cida Borghetti (PP) na sexta-feira (6), Audilene substitui o coronel Maurício Tortato. Veja aqui outras mudanças já definidas por Cida em cargos importantes do governo.

Em entrevista à Tribuna do Paraná, a coronel afirmou que um de seus objetivos como comandante-geral é ampliar os cursos que permitem progressões na carreira dos policiais. “Não é só pela melhoria salarial. Os policiais sentem orgulho em dizer para a família que subiram de cargo. É um estímulo ao trabalho”, disse.

Leia também: Nome ligado a Sérgio Souza pode assumir comando da Itaipu

Os principais projetos para a corporação, entretanto, permanecem em segredo. A coronel pretende, antes, apresentá-los à governadora e avaliar quais são os recursos disponíveis.

Quem é a nova comandante-geral

A coronel Audilene Dias Rocha, de 52 anos, está na corporação desde 1985. De família humilde, Audilene, quando criança, ajudava nos afazeres da casa enquanto a mãe trabalhava em uma olaria. Nascida em Terra Roxa, no interior do Paraná, a hoje comandante-geral da PM se mudou com a família para Assis Chateaubriand quando tinha entre 4 e 5 anos.

Foi na cidade da região Oeste do estado em que Audilene se apaixonou pela profissão. Anos depois, um de seus quatro irmãos, Alvacir, entrou para a PM como soldado. Quando fazia um curso para cabo, viu que havia vagas para mulheres, e avisou a irmã. Foi então que a coronel começou sua vida na corporação, na Academia Policial Militar do Guatupê – onde tomou posse como comandante-geral nesta quarta (11).

A carreira na polícia foi construída em Maringá, onde Audilene passou por todos os postos de chefia e foi comandante e sub-comandante do batalhão local. Foi lá que a coronel construiu uma relação de amizade com Cida Borghetti, na época em que seu marido, Ricardo Barros, era prefeito da cidade.

Em 2014, a coronel foi convidada para chefiar a segurança de Cida durante a campanha eleitoral. À época, Cida era candidata a vice-governadora. Com a chapa de Cida eleita, Audilene passou a ser chefe do Estado Maior da PM – um dos três cargos mais importantes da corporação.

A coronel é bacharel em Segurança Pública e em Direito, e tem especialização em Planejamento e Controle da Segurança Pública e também em Gestão de Pessoas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
  • Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.