Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

- Google e Twitter afirmam que decisão de suspender perfis de redes sociais, determinada por Alexandre de Moraes, pode configurar censura prévia

*) Grandes empresas de tecnologia têm recorrido ao Supremo Tribunal Federal para derrubar decisões do ministro Alexandre de Moraes que determinaram o bloqueio de perfis ligados a apoiadores do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais.

Essa suspensão das contas foi decretada por Moraes dentro do inquérito que apura a organização das manifestações de 7 de setembro a favor do governo.

Google, Twitter e Facebook comunicaram ao ministro o cumprimento dessas decisões, mas recorreram contra praticamente todos esses bloqueios.

De um lado, a acusação de uma censura imposta pelo Supremo Tribunal Federal. De outro, o ministro Moraes alegando que alguns dos vídeos e postagens representavam um abuso da liberdade de expressão e atentaram contra a democracia.

É sobre este assunto que fala este episódio do podcast 15 Minutos. O convidado é o Renan Ramalho, repórter da Gazeta do Povo que acompanha os assuntos do STF em Brasília.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]