Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Enem 2020 acontecerá nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e terá medidas especiais por conta da pandemia do coronavírus. Entenda o que o Ministério da Educação planeja para a avaliação nacional.

Saiba quais as mudanças no Enem 2020

O presidente substituto do Inep, Camilo Mussi, concedeu entrevista à Gazeta do Povo em que esclareceu as medidas que estão preparando para o Enem.

O Inep e o MEC trabalham com a data de 17 e 24 de janeiro e, no momento, não acreditam que a prova será adiada. Porém, caso haja uma mudança no cenário de casos de infecção no Brasil, e uma ordem sanitária ou decisão judicial para o adiamento, a ordem será acatada.

Candidatos que apresentarem sintomas, devem informar um laudo médico até um dia antes da prova, na página do participante. Então, não deverá comparecer aos locais de prova, pois fará a reaplicação em fevereiro.

Caso algum candidato apresente sintomas durante a prova, mas possa continuar fazendo o exame, será isolado e fará individualmente. Caso não possa continuar, sairá da prova e precisará apresentar o laudo também.

Haverá a obrigatoriedade do uso de máscara. Participantes sem máscara serão eliminados do Enem. Ainda será necessário que cada participante tenha mais de uma máscara, para realizar a troca durante a prova.

As salas terão apenas 50% de taxa de ocupação. Isso gerará um aumento de 20% na quantidade de salas de prova. Pessoas do grupo de risco vão ser separadas e realizarão a prova em salas menores.

Conteúdo editado por:Jenifer Ribeiro dos Santos
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]