i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Na briga pelo comando da CCJ, Bia Kicis tenta afastar fama de radical
Podcast 15 Minutos

Na briga pelo comando da CCJ, Bia Kicis tenta afastar fama de radical

    • PorGazeta do Povo
  • 08/02/2021 17:10

Por força de um acordo, o PSL, partido de Bia Kicis, teria preferência para presidir a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), tida como a mais importante Comissão da Câmara; parlamentar tenta afastar a fama de radical.

Depois das eleições dos presidentes da Câmara e do Senado e das mesas diretoras das duas casas, as atenções se voltam às negociações para outros postos importantes na estrutura do Legislativo. As presidências das Comissões, por exemplo.

Entre elas, a que mais chama a atenção é a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). Ela é tida como a principal Comissão, por onde passam todos os projetos que tramitam tanto no Senado, quanto na Câmara.

Bia Kicis na presidência da CCJ?

O que tem gerado bastante polêmica é a indicação para a presidência da CCJ da Câmara: a princípio, o nome escolhido é o da deputada Bia Kicis, do PSL do Distrito Federal.

Conhecida por ser uma defensora ferrenha do presidente Jair Bolsonaro, Kicis é investigada no inquérito do STF que investiga as chamadas manifestações antidemocráticas, ocorridas no ano passado

A parlamentar também fez, em maio de 2020, um discurso no plenário da Câmara no qual afirmou que as Forças Armadas compõem o "poder moderador" no Brasil.

Este episódio do podcast 15 Minutos recebe o Olavo Soares, correspondente da Gazeta do Povo, em Brasília. Ele analisa a importância da CCJ e as chances de Bia Kicis efetivamente assumir o comando da Comissão.

***

O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***

Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro, Jenifer Ribeiro e Durval Ramos; montagem: Leonardo Bechtloff; identidade visual: Gabriela Salazar; estratégia de distribuição: Gladson Angeli e Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.