• 01/03/2020 21:39
Volta ao trabalho

Policiais militares no Ceará decidem encerrar motim

  • 01/03/2020 21:39
    • Gazeta do Povo
    Governador do Ceará, Camilo Santana, cumprimenta policiais militares que não aderiram ao movimento grevista no Ceará
    Governador do Ceará, Camilo Santana, cumprimenta policiais militares que não aderiram ao movimento grevista no Ceará| Foto: Seco/Ceará

    Os agentes da Polícia Militar no Ceará que ainda permaneciam amotinados no 18º Batalhão, em Fortaleza, decidiram encerrar o motim na noite deste domingo (1º). Eles votaram por acolher uma proposta da comissão especial que discutia o tema, e contava com representantes dos Três Poderes e de policiais militares. As informações são do site G1. Entre os pontos da proposta está o direito aos policiais militares a um processo legal acompanhado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pela Defensoria Pública e pelo Exército e também o compromisso do governo do Ceará em não realizar transferências em um prazo de 60 dias a partir do fim do motim. Eles devem retomar ao trabalho já nesta segunda-feira (2). O motim durou quase 14 dias.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.