• 14/06/2020 21:33
Repercussão

Devemos respeitar a vontade das urnas e o voto popular, diz ministro da Justiça

  • 14/06/2020 21:33
  • Brasília
O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça
O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça| Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, afirmou que devemos respeitar a vontade das urnas e ver as críticas dos manifestantes com humildade. A declaração do ministro acontece após repercussão negativa sobre ato realizado por apoiadores do governo no sábado (13), quando eles simularam um ataque ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF) com fogos de artifício. "A democracia pressupõe, acima de tudo, que todo poder emana do povo. Por isso, todas as instituições devem respeitá-lo. Devemos respeitar a vontade das urnas e o voto popular", escreveu Mendonça em sua conta no Twitter. "Devemos agir por este povo, compreendê-lo e ver sua crítica e manifestação com humildade. Na democracia, a voz popular é soberana", completou. Ele ainda afirmou que "todos devemos fazer uma autocrítica". "Não há espaço para vaidades. O momento é de união. O Brasil e seu povo devem estar em 1º lugar", concluiu. O presidente do STF, Dias Toffoli, repudiou as manifestações.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.