• 28/05/2020 16:29
Em entrevista

Eduardo Bolsonaro acusa ministros do STF de interferência no governo

  • 28/05/2020 16:29
    • Estadão Conteúdo
    Eduardo Bolsonaro
    O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).| Foto: Marcos Correa/PR

    O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) voltou a fazer críticas ao STF e afirmou nesta quinta-feira (28) que o governo está sob ataque. De acordo com o deputado, os ministros do STF Alexandre de Moraes e Celso de Mello estariam extrapolando suas atribuições e interferindo em prerrogativas do Executivo e que "pessoas que não conseguem enxergar dentro do STF ou dentro do Congresso Nacional, instrumentos para reverter esse tipo de desarmonia entre os poderes, elas se abraçam no art. 142 da constituição". As afirmações foram feitas no programa do jornalista José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes. De acordo com o deputado, um grupo formado por ele, pela deputada Bia Kicis (PSL-SP) e por outros parlamentares vai apresentar ainda hoje uma representação na Procuradoria-Geral da República contra o ministro Alexandre de Moraes pelo crime de abuso de autoridade. Quanto ao ministro Celso de Mello, relator do inquérito aberto a partir das acusações do ex-ministro Sérgio Moro e apontado por Eduardo como um dos "mandantes" do ataque ao Executivo, o deputado criticou a condução da investigação, especificamente, a publicização da reunião ministerial de 22 de abril.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.