• 01/12/2020 22:57
STF

Gilmar Mendes adia julgamento sobre habeas corpus de Queiroz e esposa

  • 01/12/2020 22:57
  • PorGazeta do Povo
    Ministro Gilmar Mendes disse que o Exército é cúmplice de um "genocídio" no Brasil por causa da alta mortalidade do novo coronavírus.
    O próprio Gilmar Mendes garantiu a prisão domiciliar ao casal ao derrubar uma decisão Superior Tribunal de Justiça (STJ).| Foto: Nelson Jr./STF

    O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirou da pauta e adiou o julgamento do habeas corpus que garantiu o direito da prisão domiciliar para Fabrício Queiroz e a esposa, Márcia Aguiar, denunciados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro pela participação em um esquema de rachadinha no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro. O julgamento, que começaria nesta sexta-feira (4), foi suspenso por tempo indeterminado. No mês de agosto, o próprio Gilmar Mendes garantiu a prisão domiciliar ao casal ao derrubar uma decisão Superior Tribunal de Justiça (STJ).

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.