• 21/10/2020 18:39
Vacina contra a Covid-19

Governadores defendem Pazuello e chamam decisão de Bolsonaro de eleitoral

  • 21/10/2020 18:39
  • PorEstadão Conteúdo
    O presidente Jair Bolsonaro
    O presidente Jair Bolsonaro| Foto: Marcos Corrêa/PR

    Governadores de diferentes partidos e regiões do Brasil criticaram a decisão do presidente Jair Bolsonaro de suspender o acordo de compra da vacina Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã. Eles defenderam o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, classificaram a decisão de "política, eleitoral e ideológica" e cogitaram até acionar a Justiça para que os Estados tenham acesso a todas as vacinas.

    Nas redes sociais, ao menos nove governadores já se pronunciaram de forma crítica contra a decisão do presidente. Em um vídeo publicado no Twitter, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), declarou que a escolha da vacina "deve ser eminentemente técnica, e não política". Ele defendeu a atuação de "instituições brasileiras renomadas que tratam do assunto", como o Instituto Butantã. "O que deve ser observado é a condição de segurança, a viabilidade técnica e também a agilidade para disponibilizar a população", disse Leite.



    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

      Fim dos comentários.