• 16/01/2021 15:39
Apoio na fronteira

107 médicos na Venezuela se oferecem para ajudar Manaus

  • 16/01/2021 15:39
  • PorEstadão Conteúdo
    Hospital Vinte Oito de Agosto, em Manaus: oxigênio em falta.
    Hospital 28 de Agosto, em Manaus: oxigênio em falta levou pacientes a óbito e governo estadual já iniciou transferência para outros estados.| Foto: Michael Dantas/AFP

    Manaus pode receber a ajuda de 107 médicos graduados na Venezuela diante do colapso do sistema de saúde e da falta de oxigênio para tratar pacientes com a Covid-19. O anúncio foi feito neste sábado (16) pelo ministro de Relações Exteriores do país, Jorge Arreaza.

    Os profissionais fazem parte da Associação dos Médicos Formados no Exterior (Amfex) e se apresentaram na sexta ao consulado venezuelano em Boa Vista, Roraima, para ajudar no atendimento médico aos pacientes acometidos pelo coronavírus no Amazonas.

    A brigada, que conta com médicos brasileiros e venezuelanos formados na Universidade de Caracas, Venezuela, enviou documento ao governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), na sexta (15). A colaboração do país vizinho vem após o governo da Venezuela liberar uma carga de oxigênio hospitalar da White Martins produzida no país para atender os hospitais em Manaus.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.