• 03/03/2020 16:11
Crime organizado

Operação no RS transfere 18 líderes de facções para presídios federais

  • 03/03/2020 16:11
    • Estadão Conteúdo
    Penitenciária federal de Catanduvas
    | Foto: Jonathan Campos/Arquivo/Gazeta do Povo

    Vinte instituições e órgãos do Rio Grande do Sul participar de operação nesta terça-feira (3) para transferir 18 presos de alta periculosidade para presídios federais de segurança máxima em outros estados. Ainda era madrugada quando os detentos foram levados de diferentes pontos do Rio Grande do Sul para a Base Aérea de Canoas, de onde embarcaram para seus destinos, que não foram revelados. As transferências têm validade de 360 dias e tem como objetivo "desidratar as facções que alimentavam o crime organizado no RS", diz Fabino Dallazen, procurador-geral de Justiça. Os preparativos para a operação de transferência foram articulados entre Promotoria e Procuradoria-Geral de Justiça. Também houve reuniões com o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) e com integrantes do Departamento Penitenciário Nacional.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.