• 12/11/2020 22:53
Defesa

Pouca pólvora: exército brasileiro é um dos menores do mundo, diz comandante

  • 12/11/2020 22:53
  • PorGazeta do Povo
    exército-forças-armadas-amazonia
    Imagem ilustrativa.| Foto: Divulgação/Exército

    O general Edson Leal Pujol, comandante do exército brasileiro, afirmou nesta quinta-feira (12) que as Forças Armadas do Brasil são uma das menores do mundo. A declaração aconteceu durante uma live promovida pelo Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa. O comentário não fez menção direta a declaração recente do presidente Jair Bolsonaro, ao afirmar que “quando acabar a saliva tem que ter pólvora”, reagindo a possíveis sanções impostas pelos Estados Unidos com relação às queimadas na Amazônia. Pujol fazia um comparativo das tropas brasileiras em relação ao extenso território nacional. “Estamos aquém do que o Brasil precisa”, afirmou ele, dizendo que “não podemos abrir mão da soberania sobre a Amazônia”.

    O comandante ainda ressaltou que não existem ameaças diretas que justificassem um efetivo maior. “Não existe ameaça imediata, alguém querendo nos invadir para conquistar nossos recursos. Então, a sociedade e os políticos colocam uma prioridade baixa. Eu até entendo”, disse. Atualmente o Brasil tem um efetivo fardado de 380 mil pessoas, ocupando em torno da 15ª posição mundial. São 22 km² para cada militar, média de 176 militares para cada 100 mil habitantes. As informações são da Folha de S.Paulo.

    Pujol disse ainda que não querer "que a política entre no nosso quartel" e que "militares serem chamados a assumir cargos no governo, é decisão exclusiva da administração do Executivo".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.