• 26/12/2020 22:03
pandemia

Contra Covid-19, prefeitura do Rio proíbe queima de fogos na orla no réveillon

  • 26/12/2020 22:03
    • Estadão Conteúdo
    Bondinho do Rio de Janeiro
    Prefeitura do Rio de Janeiro proibiu a queima de fogos em toda a orla da cidade da meia-noite do dia 31 até as 7 horas do dia 1º.| Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

    Em meio à nova escalada da Covid-19, a prefeitura do Rio de Janeiro decidiu anunciar mais medidas restritivas para evitar aglomerações na noite de Ano Novo. Além de isolar o bairro de Copacabana, o prefeito em exercício, Jorge Felippe, proibiu a queima de fogos em toda a orla da cidade — inclusive em hotéis — da meia-noite do dia 31 até as 7 horas do dia 1º. O uso de equipamentos de som na orla também foi vetado. Uma barreira de fiscalização será feita nos limites da capital fluminense, impedindo o acesso de ônibus, micro-ônibus e vans.

    As medidas para desestimular aglomerações incluem também o bloqueio de estacionamento na orla e ruas no entorno, assim como o bloqueio da circulação de transporte público para acesso a Copacabana e Barra da Tijuca a partir das 20 horas do dia 31. Os barraqueiros não poderão permanecer em ponto fixo na areia da praia ou no calçadão, até as 6 horas do primeiro dia de janeiro. Os quiosques poderão funcionar desde que sem venda de ingressos, shows, instrumentos sonoros e sem cercados.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.