• 01/12/2020 22:12
Congresso

Partidos enviam carta ao STF contra a reeleição de Maia e Alcolumbre

  • 01/12/2020 22:12
  • PorGazeta do Povo
    Senado e Câmara pedem suspensão da venda de refinarias da Petrobras
    Os presidente da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre. Partidos assinam manifesto contra reeleição.| Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

    Diversos partidos assinaram uma carta conjunta nesta terça-feira (1) se manifestando contra a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) para a presidência da Câmara dos Deputados e do Senado, respectivamente, dentro da mesma legislatura. O manifesto foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), que deve avaliar o tema nesta sexta-feira (4) com base em uma ação movida pelo PTB. A carta é assinada por PL, PP, PSC, PSD, Avante, Patriota, Solidariedade, PSB, Rede e Cidadania. No documento, as siglas citam “profunda preocupação” quanto ao julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade — ADI nº 6524. “O sistema democrático e representativo brasileiro não comporta a ditadura ou o coronelismo parlamentar.”, diz a carta.

    Mais tarde, 14 senadores divulgaram outro texto, também se manifestando contra a reeleição, onde citam o art. 57, § 4°, da Constituição Federal, em que é mencionada a vedação a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente. “O próprio art. 59 do Regimento Interno do Senado Federal reproduz a parte final do dispositivo transcrito, ao dispor que “os membros da Mesa serão eleitos para mandato de dois anos, vedada a reeleição para o período imediatamente subsequente.”, diz o texto. “Tentar alterar por via judicial essa escolha política representa evidente subversão à separação dos poderes, verdadeiro atentado contra o estado democrático de direito.”

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.