• 04/12/2020 08:38
Meio Ambiente

“Só crítica não adianta”, diz Salles ao cobrar recursos para Amazônia

  • 04/12/2020 08:38
  • PorEstadão Conteúdo
    O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles: suspeita de enriquecimento ilícito leva à quebra de sigilo bancário.
    O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.| Foto: MARCOS CORREA/AFP

    O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, cobrou na quinta-feira (3) que as iniciativas de grupos e países sobre a Amazônia não fiquem restritas a críticas e discursos e se revertam em verba. "Essa cooperação tem que ser em termos concretos. A gente até discute, ouve os discursos, mas tem que ter recurso em cima da mesa. O grupo, os países, iniciativas... (tem que) colocar recursos para nos ajudar. Só crítica de graça não adianta. Tem que vir recurso também", afirmou, durante live realizada com o presidente Jair Bolsonaro.

    Na quinta, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que enviará Salles para a Conferência do Clima (COP-26), remarcada para 2021 em razão da pandemia. Além de Salles, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, participou da transmissão semanal feita pelo presidente via redes sociais.

    "Pronto para a COP-26, você representar o Brasil lá no Reino Unido?", perguntou Bolsonaro. "Vamos lá para a COP-26, direto do Reino Unido, defender os interesses do país", respondeu Salles.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.