i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Senado

Cassada pelo TSE, Juíza Selma ganha sobrevida de quatro meses

  • PorEstadão Conteúdo
  • 10/04/2020 14:28
A senadora Juiza Selma Arruda, cassada pelo TSE.
A senadora Juiza Selma Arruda (Podemos-MT), cassada pelo TSE.| Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Cassada pela Justiça Eleitoral em dezembro, a senadora Juíza Selma (Podemos-MT) ganhou uma sobrevida de quatro meses no cargo e continua recebendo salário e benefícios na função. A situação deve se arrastar, segundo apurou o jornal O Estado de S.Paulo.

Após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Senado iniciou o ritmo de afastamento da parlamentar em fevereiro deste ano. A crise do coronavírus, porém, interferiu na agenda da casa e adiou as eleições para a vaga em Mato Grosso, deixando Selma com mais tempo na cadeira. A Mesa Diretora do Senado avalia discutir a cassação na próxima semana.

A senadora ganhou o apelido de “Moro de saias” por ter sido juíza em Mato Grosso. Após ser eleita e exercer o mandato ao longo do último ano, foi cassada por prática de caixa 2 e abuso de poder econômico na campanha. Ela admitiu que realizou os gastos, mas alega que não era obrigada a declarar as despesas no período.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, autorizou que Carlos Fávaro (PSD), o terceiro colocado na eleição que escolheu dois senadores, assuma a cadeira provisoriamente até a realização de um novo pleito. Mas isso só ocorre se o Senado declarar a vacância do cargo, o que não ocorreu. A nova eleição para a vaga de Juíza Selma, marcada para 26 de abril, foi adiada por causa da pandemia de Covid-19 e não tem nova data para acontecer.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), designou o líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), como relator do processo de afastamento para executar a cassação. À reportagem, Gomes afirmou que seu parecer é pelo cumprimento da decisão da Justiça Eleitoral. Ele pedirá a Alcolumbre para a Mesa concluir o rito na próxima semana.

Selma só perderá o mandato efetivamente após a Mesa Diretora declarar o afastamento, fazer a comunicação em plenário e publicar a decisão em Diário Oficial. Mas, para isso, o colegiado precisa se reunir. Alcolumbre afirmou que pretende convocar uma reunião da Mesa para a próxima semana, sem ainda ter definido a pauta.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • K

    Klin

    ± 0 minutos

    Por aí podr-se ver que a nossa justiça é um droga. O órgão máximo das eleições cassa o eleito por fraude e tem que esperar o senado para afastar o sujeito do cargo? Esperava-se que no dia seguinte à publicação do fato, as gavetas fossem esvaziadas e empossado o substituto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso