i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Código de Trânsito

Bolsonaro prometeu. Mas, afinal, Câmara vai votar o aumento de pontos para perda da CNH?

  • 20/05/2020 19:55
Proposta que muda o Código de Trânsito foi apresentada por Bolsonaro em junho do ano passado: número de pontos para suspender CNH pode aumentar.
Proposta que muda o Código de Trânsito foi apresentada por Bolsonaro em junho do ano passado: número de pontos para suspender CNH pode aumentar.| Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo

O presidente Jair Bolsonaro disse que a Câmara dos Deputados votaria nesta semana o projeto de lei que modifica o Código Brasileiro de Trânsito. "O projeto é muito bom. Amanhã entro em contato com o Rodrigo Maia e ele bota em votação com toda certeza semana que vem", declarou o chefe do Executivo, durante transmissão ao vivo, na última quinta-feira (14), feita no Palácio da Alvorada. A proposta foi enviada ao Congresso pelo próprio governo e aumenta o número de pontos necessários para o motorista perder a carteira nacional de habilitação (CNH), além de ampliar o prazo de validade do documento.

A expectativa de Bolsonaro, porém, não se cumpriu. A agenda de votações da Câmara para a semana que está em curso não inclui o projeto que muda o Código de Trânsito. A maior parte dos temas em debate pelos deputados tem como foco o combate à pandemia de coronavírus.

"Fiquei meio surpreso com a declaração dele", afirmou o deputado Luiz Carlos Motta (PL-SP) sobre o anúncio de Bolsonaro. O parlamentar é o presidente da comissão da Câmara que analisou a proposta, que na Casa recebeu o nome de projeto de lei (PL) 3.267. Segundo Motta, as atenções no Congresso estão realmente voltadas para os projetos ligados à Covid-19. De fato, a proposta sobre o Código de Trânsito não ocupa destaque nas redes sociais e em pronunciamentos recentes de deputados e senadores de diferentes partidos.

Depois de idas e vindas, governo bate o pé

Mas o governo federal não limitou seu interesse na votação do projeto a uma declaração isolada do presidente Bolsonaro. Em um documento elaborado pelo Palácio do Planalto sobre as prioridades que o Executivo identifica na pauta dos deputados para maio e junho, o projeto de lei 3.267 é o primeiro item a ser citado.

A proposta é vista também como uma maneira de aproximação entre Maia e Bolsonaro. Os presidentes da República e da Câmara trocaram farpas – e também declarações amistosas – recentemente. Isso motivou aliados a estimularem Maia a pautar temas de interesse do governo. Além do PL 3.267, o governo espera para as próximas semanas a votação de uma proposta que flexibiliza o porte de armas.

No ano passado, o projeto sobre a CNH chegou a estar próximo da votação. Bolsonaro disse em 4 de dezembro que havia construído um acordo com Maia e que o projeto seria votado "na semana que vem". "Até me comprometi com ele, uma vez aprovado, e aprova no Senado também, se for esse ano, eu vou sancionar o projeto lá na mesa da Câmara", reforçou o presidente na ocasião.

Mas o presidente da Câmara, no dia 17 daquele mês, disse que a votação deveria ficar mesmo para 2020. Maia ressaltou que havia ainda pontos em negociação, que demandavam mais diálogo entre os parlamentares. Com a pandemia de coronavírus se deflagrando pouco após o início do ano, a expectativa foi ainda mais postergada.

Confiança para a votação do projeto que muda a CNH

O PL 3.267 poderá ser votado diretamente no plenário da Câmara. Ou seja: se superar os impasses que existem em torno de sua votação, terá uma apreciação direta pelo conjunto dos deputados e, se aprovado, já prosseguirá para o Senado.

O deputado Luiz Carlos Motta avalia que a tendência é de aprovação. "Existe hoje uma pressão grande em torno do projeto, porque muitas pessoas estão morrendo no trânsito. O Código de Trânsito precisava ser modificado, precisava de uma atualizada. E a comissão conseguiu ter uma participação boa de muitos deputados. As atenções agora estão mais voltadas para a pandemia, mas o trânsito tem a ver com o momento atual", afirma.

Motta cita ainda as audiências públicas promovidas na comissão e os encontros com especialistas do setor, promovidos por ele e pelo relator do colegiado, deputado Juscelino Filho (DEM-MA). O trabalho do relator foi citado por Bolsonaro na transmissão do dia 14: "O relator do projeto de lei nosso, que trata de uma mexida no Código Nacional de Trânsito, eu não li ainda o relatório final, mas foi atendida a questão de passar de cinco para 10 anos a validade da carteira de motorista".

Projeto nasceu com polêmica das cadeirinhas

O projeto foi apresentado pessoalmente pelo presidente Bolsonaro em junho do ano passado. A linha principal do conjunto de sugestões protocolado pelo Executivo foi tornar menos rigoroso o Código de Trânsito. Por exemplo, constava no projeto original a exclusão da obrigatoriedade do exame toxicológico para motoristas profissionais de ônibus, caminhões e veículos semelhantes, a expansão de 20 para 40 pontos como o limite da pontuação para perda da CNH decorrente de multas e o término da obrigatoriedade de ligar os faróis no período diurno para trafegar em rodovias.

Um dos pontos mais controversos da iniciativa de Bolsonaro foi a de sugerir o fim da multa a quem transportar crianças sem as cadeirinhas protetoras. Pela proposição, a ocorrência deixava de ser uma infração gravíssima e renderia apenas uma advertência.

O relatório final de Juscelino Filho acatou algumas das proposições de Bolsonaro e descartou outras. O teto atual de 20 pontos para a perda da CNH foi modificado; não para os 40 em todos os casos como sugeriu o presidente, mas para 40 se não houver infração gravíssima; 30 se constar uma infração gravíssima; e permanecendo os 20 no caso de duas infrações gravíssimas.

Procedimento semelhante foi adotado em relação ao prazo de validade da CNH. O projeto do Executivo indicava a expansão de 5 para 10 anos em todos os casos. O texto de Juscelino estabelece um prazo com escalas: renovação a cada 10 anos para condutores de até 40 anos; cinco, para os de 41 a 70 anos; para os com mais de 70, renovação a cada três anos.

Em relação às cadeirinhas, o texto do deputado mantém a obrigatoriedade atual, apenas dispensando da exigência as crianças com mais de 1,45 metro de altura.

No ano passado, Bolsonaro havia sinalizado que vetaria as modificações de Juscelino, por entender que elas correspondiam a uma "burocratização" do projeto.

22 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 22 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • N

    Neto

    ± 15 horas

    Percebo que muitos são contra só porque a iniciativa foi dia Bolsonaro. Triste. As pessoas deviam ser mais pragmáticas e não ficar dando tiro no pé. Pra mim mudar de 20 para 40 não faz diferença mas pra minha mulher que trabalha o dia todo com o carro seria um alívio pois sem a carteira ele perde o emprego. A maioria das multas não é de furar sinal vermelho ou excesso de velocidade, é de Estar. Pior agora que não há mais a regularização.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luciano Pietta Lorenzi

    ± 19 horas

    Baita projeto, quem dirige sabe que é muito difícil ir pra estrada e não ser multado hoje em dia, não por estar correndo, mas sim porque as estradas são mal-feitas, inseguras e os limites de velocidade impostos, muito baixos em função disso. Quem reclama do aumento da pontuação não avaliou bem os dois lados. As armadilhas (radares) estão por aí, muitas vezes multando mais de 1000 veículos por dia, aí se nota claramente que tem algo errado e nem sempre é o motorista.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • N

      Neto

      ± 15 horas

      E.L.B.: pois é, mas andar a 60 km/h numa rodovia é até perigoso. Tudo virou área urbana, onde o limite cai para 60 km/h.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • E

      E.L.B.

      ± 18 horas

      Radar? Basta dirigir dentro dos limites de velocidade pemitidos!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 20 horas

    Pessoal, há que se pensar nas pessoas que trabalham nas ruas. Para eles realmente 20 pontos é muito pouco, ainda mais que muitos desses 20 pontos vem de violações do Estar. Além disso, muitas infrações que começaram com 3 ou 4 pontos hoje são de 7 pontos. A origem do número 20 nunca foi explicada. É uma dessas definições subjetivas que se apóia em um número arbitrário para dar ares de ciência.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 20 horas

    Pessoal, há que se pensar nas pessoas que trabalham nas ruas. Para eles realmente 20 pontos é muito pouco, ainda mais que muitos desses 20 pontos vem de violações do Estar. Além disso, muitas infrações que começaram com 3 ou 4 pontos hoje são de 7 pontos. A origem do número 20 nunca foi explicada. É uma dessas definições subjetivas que se apóia em um número arbitrário para dar ares de ciência.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Intruso

    ± 20 horas

    O QUE É MAIS IMPORTA É PENSAR NO MOTORISTA, QUE TEM O DIREITO DE IR E VIR.. O QUE NÃO SE PODE É DAR MARGEM PARA CRIAÇÃO DE MERCADO DE EMOLUMENTOS, HONORÁRIOS E CUSTAS E PEDÁGIOS.. Q NO BRASIL VIRA MODA..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 20 horas

    Esta deve ser a grande, a maior mudança que este tosco perturbado pensou em implantar no país.Chega a ser bizarro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AMAURI

    ± 20 horas

    Vá trabalhar Bozo do KCT, se é que sabe o que é isso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    EDUARDO SABEDOTTI BREDA

    ± 21 horas

    Se a lei viesse no padrão de alguns países, em que a pontuação nunca prescreve, poderíamos dizer que a lei viria no sentido de nos proteger. Abrandar o que já se mostrou insuficiente para diminuir os mortos e feridos do trânsito é estimular mais e mais perdas de vidas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • N

      Neto

      ± 15 horas

      Breda, aprecio seus comentários mas por gentileza veja as minhas considerações. Quem trabalha na rua (e as empresas não pagam estacionamento nem permitem transferir os pontos) perde o emprego qdo atinge 20 pontos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    carlos

    ± 21 horas

    Provavelmente isso foi algum pedido de amigos do presidente, tão irresponsáveis quanto o próprio. Que não seja aprovado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    STF

    ± 23 horas

    O que é que Bolsonaro cumpriu de promessa? Acabou e deixou acabarem com a Lava Jato e queimou o Moro, o Moro!!! Que foi o único que teve cérebro e coragem para enfrentar e prender o Lula que tinha mais de 30 advogados!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • S

      STF

      ± 22 horas

      Mirtão: tudo culpa dos outros, dos outros. Essa é a briga amigo, se ele não tinha capacidade que não tivesse concorrido. Vai tirar STF e Congresso e aí quando você não gostar do que o Bolsonaro vai se tornar, vai reclamar para quem? Democracia não é perfeita e é mais demorada, mas é o único caminho sustentável.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Mirtão

      ± 23 horas

      Você ainda não percebeu que o congresso e o STF não o deixam governar e cumprir a promessas? Tapado!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    E.L.B.

    ± 24 horas

    Que coisa bizarra. Milhares de mortos por ano pelas irresponsabilidade dos motoristas e há defesa pelo aumento de pontos para perda da carteira. Faria mais sentido reduzir o número de pontos e aumentar a vigilância e as consequências. Quem não comete infração não causa acidentes e não tem medo do número de pontos na carteira.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • N

      Neto

      ± 15 horas

      Quem trabalha nas ruas acumula 20 pontos por ano só com o Estar, e isso não tem nada a ver com direção perigosa.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • N

      Neto

      ± 15 horas

      Quem trabalha nas ruas acumula 20 pontos por ano só com o Estar, e isso não tem nada a ver com direção perigosa.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • N

      Neto

      ± 15 horas

      Quem trabalha nas ruas acumula 20 pontos por ano só com o Estar, e isso não tem nada a ver com direção perigosa.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • O

    Onedson Carvalho da Silva

    ± 1 dias

    São 513 deputados, são pessoas o suficiente, enfim mais que suficiente para trabalharem e votarem o projeto, mais uma vez a sociedade está nas mãos do congresso. Deus nos proteja!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • M

      Mirtão

      ± 23 horas

      STF: E você? Quando vai se candidatar? Espertalhão.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      STF

      ± 23 horas

      Bolsonaro foi deputado por mais de duas décadas e não aprendeu a lidar com essa turma? Se não tinha capacidade por que se candidatou?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]