i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entre fevereiro e abril

Brasil investiga 28,5 mil internações que podem incluir casos de Covid-19

  • PorGiulia Fontes e Leonardo Desideri
  • Curitiba e Brasília
  • 12/04/2020 14:38
coronavirus pesquisa
Médico atende um paciente com coronavírus.| Foto: AFP

O último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, aponta que o país investiga 28.513 internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ocorridas entre as semanas epidemiológicas 8 (entre 16 e 22 de fevereiro) e 14 (entre 29 de março e 4 de abril). Na prática, são casos que aguardam pelo resultado de testes para que seja possível saber se são, ou não, casos do novo coronavírus.

De acordo com os dados, nesse mesmo período foram 4.436 casos confirmados de internações por Covid-19. Outros 688 casos eram de pessoas infectadas com Influenza A ou B. Em 856 pacientes, por sua vez, foi identificada a contaminação por outros vírus respiratórios.

O último dado divulgado pelo Ministério da Saúde, no sábado (11), aponta para 20.727 casos confirmados de coronavírus no país, sendo 1.124 mortes.

Outra informação divulgada no boletim mostra como as hospitalizações por SRAG cresceram em relação ao ano passado. Segundo o ministério, o aumento de internações em 2020, em relação a 2019, foi de 310%.

Na semana epidemiológica 13 (entre 22 e 28 de março), por exemplo, o número de internações em 2020 foi de 10.669. Na mesma semana epidemiológica do ano passado, foram 1.123 internações.

Incidência do coronavírus por região

O boletim também traz dados atualizados a respeito da incidência do novo coronavírus no país. O documento aponta que, no Brasil, o índice é de 98 casos por um milhão de habitantes.

Seis estados são considerados em estado de emergência, por apresentarem incidência 50% acima do índice nacional: Amazonas (250/um milhão de habitantes); Amapá (224/um milhão de habitantes); Distrito Federal (190/ um milhão de habitantes); São Paulo (182/ um milhão de habitantes); Ceará (172/ um milhão de habitantes); e Rio de Janeiro (150/ um milhão de habitantes).

Quando considerada a mortalidade causada pela Covid-19, por sua vez, o índice é de 5 óbitos por um milhão de habitantes. Considerando esse dado, estão em emergência Amazonas (13 óbitos/um milhão de habitantes); São Paulo (12 óbitos/um milhão de habitantes); e Rio de Janeiro (9 óbitos/ um milhão de habitantes).

Veja a íntegra do boletim divulgado pelo Ministério da Saúde:

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • T

    TITO LIVIO SOUSA DANTAS

    ± 0 minutos

    Caramba, que manchete é essa? Isto é a Folha ou o Estadão?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      Freitas

      ± 29 minutos

      "Segundo o Ministério da Saúde, 2.176 mortes por síndrome respiratória aguda grave ocorridas entre fevereiro e abril ainda estão sendo investigadas. Ou seja, os número de óbitos por Covid-19 poderão subir mesmo sem levar em conta os novos casos. “Os potenciais casos de coronavírus estão entre os 2.176. O sistema está acessível, está notificando. Obviamente nós teremos ainda um volume maior porque ainda estamos entrando na fase de maior intensidade de transmissão respiratória”, disse o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira."

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.