i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Serviço

É possível haver uma nova greve dos caminhoneiros? | Entenda em 1 Minuto

    • Por Gazeta do Povo
  • 18/01/2021 16:28

Quase três anos depois do pesadelo que foi a greve dos caminhoneiros em 2018, a categoria se mobiliza para uma nova paralisação nas próximas semanas.

Lideranças de caminhoneiros autônomos planejam parar no dia primeiro de fevereiro. Seria esse o indício de uma nova greve aos moldes do que vimos antes?

Entenda as reivindicações e as chances de termos uma paralisação geral.

Nova greve dos caminhoneiros? Saiba quais as reivindicações

O principal ponto é que, apesar do descontentamento da categoria, ainda é cedo para dizer que vamos ter uma greve semelhante à de 2018.

Ainda não há um consenso entre os caminhoneiros sobre parar. Um dos fatores para essa divisão é justamente a pandemia e a entrega das vacinas.

Por outro lado, as lideranças destacam que a insatisfação é generalizada. Tanto que elaboraram uma lista de reivindicações para tentar negociar com o governo. Segundo os caminhoneiros, o cenário atual é muito semelhante - ou até pior - ao de 2018.

Entre esses pedidos estão a implementação de um piso mínimo para o frete, mudanças na política de preço de paridade de importação, que afeta o valor de combustíveis, além do direito de aposentadoria especial para caminhoneiros.

As lideranças dos caminhoneiros dizem que não houve nenhuma reunião com o governo federal sobre a paralisação do dia primeiro, mas afirmam que estão abertos para o diálogo.

Conteúdo editado por:Jenifer Ribeiro dos Santos
3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    Luiz Alves de Souza

    23/01/2021 20:40:28

    Possível é mas pouco provável. Bolsonaro ja chutou o Moro , Mandetta , Doria , e não vai titubear em peitar os caminhoneiros. Aguarde.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • L

      Leonardo David

      19/01/2021 16:40:59

      Pois que façam greve! Mas se bloquearem uma única via nesse momento conturbado, se pararem a força um único caminhoneiro que queira trabalhar, que sejam retirados à bala! Simples assim!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • L

        Leonardo David

        ± 0 minutos

        Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.