Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O cadastro único para programas sociais do governo federal se tornou uma ferramenta poderosa em meio à pandemia do novo coronavírus.
O cadastro único para programas sociais do governo federal se tornou uma ferramenta poderosa em meio à pandemia do novo coronavírus.| Foto:

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda.
Mas qual é o critério para considerar uma família como de baixa renda?

Aquelas famílias que possuem renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo (quatrocentos e sessenta e oito reais e cinquenta centavos) ou renda familiar total de até três salários mínimos (dois mil, oitocentos e 11 reais) são consideradas baixa renda.

O Cadastro é obrigatoriamente utilizado como filtro para diversos programas, como o Bolsa Família.

E por que o Cadastro Único tornou-se uma ferramenta poderosa em meio à pandemia do Coronavírus?

Um projeto de lei do governo Bolsonaro assegura pagamento de um auxílio emergencial no valor de seiscentos reais para pessoas de baixa renda inscritas no Cadastro.

A ajuda vai durar, a princípio, três meses, mas poderá ser prorrogada.

Um estudo do IPEA mostra que cerca de 11 milhões de pessoas não estão inscritas no banco de dados que identifica as famílias carentes.
Quem precisa e se enquadra nos critérios, precisa procurar um Centro de Referência em Assistência Social.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]