i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Serviço

Imunidade ao coronavírus: quanto tempo dura? | Entenda em 1 Minuto

    • Por Gazeta do Povo
  • 12/12/2020 21:29

Uma das principais dúvidas com relação à Covid-19 é de quanto tempo dura a imunidade de pessoas que se recuperaram da doença. Entenda.

Entenda como funciona a imunidade ao novo coronavírus

Uma das maiores preocupações de cientistas e da população em geral é de que o corpo tenha uma resposta imune ao novo coronavírus que dure pouco tempo, pois isso atrapalharia o controle da pandemia mesmo com o uso da vacina.

Mas estudos recentes trouxeram boas respostas para a questão. Pacientes recuperados ainda tinham quantidade suficiente de células do sistema imune até oito meses após serem infectados.

Estudos anteriores mostravam que os anticorpos contra o coronavírus produzidos após uma infecção caíam após poucos meses. Mas essa não é a única forma que o corpo tem para se defender. Células de memória imune também ajudam a evitar uma reinfecção.

Em uma pesquisa divulgada agora em novembro, 185 pacientes recuperados da doença foram analisados. Células que possam defender o corpo novamente contra o corpo novamente contra o coronavírus foram encontradas em quantidades razoáveis entre seis a oito meses após a infecção.

Outra pesquisa, da Unidade Rockfeller, nos Estados Unidos, chegou a um resultado semelhante. Ambas ainda precisam ser revisadas por cientistas independentes, como parte do processo científico.

Vale ressaltar que existem poucas pessoas no mundo que se recuperam da Covid-19 há um ano ou mais, já que o primeiro caso registrado da nova doença foi em 17 de novembro de 2019.

Conteúdo editado por:Jenifer Ribeiro dos Santos
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.