i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
STF

Lewandowski pede vista e suspende julgamento sobre notícia-crime contra Lira

  • PorEstadão Conteúdo
  • 13/02/2021 11:20
Arthur Lira (PP-AL), novo presidente da Câmara, já teve condenações judiciais e é réu no STF.
Arthur Lira (PP-AL), novo presidente da Câmara, já teve condenações judiciais e é réu no STF.| Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O ministro Ricardo Lewandowski pediu vista (mais tempo para análise) e suspendeu julgamento que começaria nesta sexta-feira, dia 12, para definir o destino de uma notícia-crime contra o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), movida pela ex-mulher do parlamentar, Jullyene Lins. O julgamento seria realizado no plenário virtual, plataforma digital na qual os ministros depositam os seus votos ao longo de uma semana.

A ação foi apresentada ao Supremo em junho do ano passado, quando Jullyene acusou Lira de cometer injúria e difamação ao rebater sua entrevista à revista Veja. Na ocasião, o deputado afirmou que a ex-mulher era uma “vigarista profissional querendo extorquir dinheiro, inventando histórias”. A fala foi em resposta à acusação feita por Jullyene à Veja de que Lira teria “acumulado fortuna com propinas”.

O ministro Luís Roberto Barroso já havia determinado que a notícia-crime fosse enviada a um dos Juizados de Violência Doméstica, visto que o caso não tem relação com a função parlamentar, o que garantiria o foro privilegiado no STF. A posição foi defendida pela Procuradoria-Geral da República. Lira, porém, recorreu alegando que o ministro deveria, na verdade, extinguir a notícia-crime com base na imunidade parlamentar, que barra a responsabilização penal ou civil de deputados e senadores por suas palavras e opiniões durante o exercício do mandato. Segundo a defesa de Lira, sua resposta às acusações da ex-mulher foi uma “defesa de seu mandato e sua atividade parlamentar”. “Conhecedor do passado e da personalidade da Embargada, [Lira] rebateu de forma evidente a caluniosa assacadilha, como não poderia deixar de ser, alegando tratar-se de mais uma fabulação de sua ex-companheira para tentar obter alguma vantagem com tais ardis”, frisou a defesa do parlamentar.

Líder do Centrão, Arthur Lira foi eleito presidente da Câmara dos Deputados no início deste mês. Amigo do ex-deputado Eduardo Cunha, atualmente em prisão domiciliar, Lira responde a uma série de ações na Justiça. Em 2018, ele foi denunciado pela Procuradoria-Geral de República (PGR) por lavagem de dinheiro e corrupção, seis anos depois que um de seus assessores parlamentares foi flagrado com dinheiro escondido embaixo da roupa. Em outro caso, foi acusado pelo Ministério Público Federal de chefiar um esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa de Alagoas. O jornal O Estado de S.Paulo revelou que os documentos indicam desvios da ordem de R$ 254 milhões. Lira também foi condenado em segunda instância na esfera cível por improbidade administrativa. Mesmo com a Lei da Ficha Limpa, conseguiu tomar posse em 2018 como deputado federal graças a uma liminar do Tribunal de Justiça de Alagoas.

Na semana passada, após Barroso agendar o início do julgamento, o gabinete do deputado Arthur Lira lamentou o “uso político de denúncias que já foram arquivadas em processos anteriores” e afirmou que não comentará as “acusações requentadas” em respeito a seus filhos e familiares.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • V

    Vanderlei

    ± 13 horas

    É só não estar alinhado com a turma que acha que é dona do Brasil, que aparece dossiê até de multas de trânsito!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Freitas

      ± 10 horas

      Vanderlei, o presidente da Câmara já tem duas sentenças em segunda instância. É um ficha suja, amparado por recursos. Largue mão de falar besteira, cara.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • I

    irineu umberto librenza

    ± 16 horas

    Quanta calúnia encima deste anjo. Quanta injustiça neste mundo de meu Deus.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Freitas

      ± 10 horas

      Um anjo, pois TEM APENAS DUAS SENTENÇAS DE SEGUNDA INSTÂNCIA. É UM SANTO.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • K

    Klin

    ± 18 horas

    Roupa suja também são lavadas no STF. Local de arrego de parlamentares corruptos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      Freitas

      ± 20 horas

      "Lewandowski pede vista e suspende julgamento sobre notícia-crime contra Lira" (12.02.2021) >>> "Em 2018, ele foi denunciado pela Procuradoria-Geral de República (PGR) por lavagem de dinheiro e corrupção, seis anos depois que um de seus assessores parlamentares foi flagrado com dinheiro escondido embaixo da roupa. Em outro caso, foi acusado pelo Ministério Público Federal de chefiar um esquema de "rachadinha" na Assembleia Legislativa de Alagoas. Como o Estadão revelou, os documentos indicam desvios da ordem de R$ 254 milhões."Lira também foi condenado em segunda instância na esfera cível por improbidade administrativa. Mesmo com a Lei da Ficha Limpa, conseguiu tomar posse em 2018 como dep"

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • F

        Freitas

        ± 20 horas

        PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, eleito com o APOIO DE JAIR BOLSONARO: É UM BANDIDO. A Gazeta do Povo omitiu a ficha desse corrupto...

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • F

          Freitas

          ± 20 horas

          "Lewandowski pede vista e suspende julgamento sobre notícia-crime contra Lira" (12.02.2021) >>> "Em 2018, ele foi denunciado pela Procuradoria-Geral de República (PGR) por lavagem de dinheiro e corrupção, seis anos depois que um de seus assessores parlamentares foi flagrado com dinheiro escondido embaixo da roupa. Em outro caso, foi acusado pelo Ministério Público Federal de chefiar um esquema de "rachadinha" na Assembleia Legislativa de Alagoas. Como o Estadão revelou, os documentos indicam desvios da ordem de R$ 254 milhões."Lira também foi condenado em segunda instância na esfera cível por improbidade administrativa. Mesmo com a Lei da Ficha Limpa, conseguiu tomar posse em 2018 como dep"

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.