Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

- Ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi preso pela Polícia Federal; “Sinal de que não interfiro na PF”, disse Bolsonaro

*) A manhã de quarta-feira (22) foi agitada no noticiário político. O ex-ministro da Educação do governo Bolsonaro, Milton Ribeiro, foi preso em uma operação deflagrada pela Polícia Federal. 

A ação investiga a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao Ministério da Educação.

Para relembrar a origem da história: Milton Ribeiro pediu exoneração do cargo de ministro em março, dias após o vazamento de um áudio coletado em uma reunião com o presidente do FNDE, prefeitos e dois pastores, Gilmar Santos e Arilton Moura.

Na gravação, é possível ouvir Milton Ribeiro sugerir favorecimento a “amigos do pastor Gilmar” na distribuição de recursos da pasta. Os dois pastores, aliás, também foram alvos da operação.

Os impactos da prisão de Milton Ribeiro

O mandado de prisão preventiva contra Milton Ribeiro cita a prática de crimes como corrupção passiva, advocacia administrativa, prevaricação e tráfico de influência.

Quais são os impactos políticos desta prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, inclusive para o presidente Jair Bolsonaro? É disso que fala este episódio do podcast 15 Minutos. O programa recebe o colunista da Gazeta do Povo, Diogo Schelp.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]