i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Pesquisa XP

Popularidade de Bolsonaro volta a subir após prorrogação do auxílio emergencial

  • PorGazeta do Povo
  • 14/09/2020 14:53
  • Atualizado em 14/09/2020 às 15:33
Bolsonaro é recebido com festa na Bahia durante visita às obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), na semana passada: taxa de aprovação do governo superou a taxa de reprovação.
Bolsonaro é recebido com festa na Bahia durante visita às obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), na semana passada: taxa de aprovação do governo superou a taxa de reprovação.| Foto: Alan Santos/PR

A aprovação ao governo Jair Bolsonaro voltou a subir, pela quinta vez consecutiva, segundo a mais nova pesquisa XP/Ipespe. De acordo com o instituto, 39% dos entrevistados consideram o governo como ótimo ou bom enquanto 36% veem como ruim ou péssimo. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais. Foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional, entre os dias 8 e 11 de setembro.

É a primeira vez que a taxa de aprovação do presidente está numericamente acima da de reprovação desde maio do ano passado. A taxa de ótimo/bom subiu dois pontos percentuais em relação ao último levantamento, feito em agosto. Já os que consideram o governo regular são 24%, mantendo uma estabilidade que vem sendo registrada desde a pesquisa de abril deste ano.

O novo aumento na popularidade do governo coincide com a intensificação das viagens de Bolsonaro aos estados para inaugurar obras. Quase sempre ele é recebido com festa nos locais em que visita. A aprovação maior é também reflexo da prorrogação do auxílio emergencial por até quatro meses, anunciado no dia 1º de setembro, para socorrer os brasileiros que perderam renda por causa da pandemia do novo coronavírus.

A popularidade de Bolsonaro cresceu 14 pontos percentuais desde maio deste ano. Com os 39% do levantamento de setembro, o presidente da República recuperou o patamar de aprovação do início do seu governo e está a um ponto percentual de igualar a melhor taxa de ótimo/bom da pesquisa, de 40%, registrada em janeiro e fevereiro de 2019.

Percepção sobre a prorrogação do auxílio emergencial

Para 47% dos entrevistados, o governo acertou ao prorrogar o auxílio emergencial até o final do ano, mesmo com a redução do valor de R$ 600 para R$ 300. Já 25% consideraram a decisão ruim ou péssima. Outros 24% nem aprovaram e nem desaprovaram, enquanto 2% preferiram não opinar. Cerca de 40% dos consultados pela XP afirmaram ter recebido a ajuda federal de R$ 600, enquanto outros 2% ainda vão receber.

O otimismo em relação aos próximos anos do governo Bolsonaro cresceu de 37% para 40%, enquanto a avaliação negativa do que está por vir oscilou negativamente de 36% para 35%. Já a percepção dos brasileiros com relação ao plano econômico do governo piorou em setembro: passou de 46% para 48% os que acreditam que o país está no caminho errado. Já para 38%, a economia está no rumo certo, mesma taxa verificada em agosto.

Como Bolsonaro está se saindo na pandemia?

Em relação à pandemia de coronavírus, foi mantida a tendência observada desde junho pela XP, com aumento da fatia da população que considera que o "pior já passou" — são 60% em setembro contra 52% em agosto.

Especificamente sobre a ação do presidente Jair Bolsonaro para enfrentamento à crise sanitária, foi mantida a tendência de alta nos que a consideram ótima ou boa (de 24% para 28%) e estabilidade nos que a veem como ruim ou péssima (de 50% para 49%).

Os entrevistados foram questionados também sobre a reforma administrativa em discussão no Congresso. Desde novembro de 2019 — último levantamento em que a questão foi feita — cresceu o grupo favorável à flexibilização de regras sobre a estabilidade do servidor público (52% antes e 56% agora) e diminuiu a fatia favorável à manutenção das regras atuais (39% para 32%).

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • T

    Taiguara

    ± 6 dias

    Bem simplista essa conclusão que a causa do aumento da popularidade de Bolsonaro é somente a prorrogação do auxílio emergencial. Qualquer análise honesta trará inúmeros outros fatores. Essa relação de causa e efeito é sensacionalista e busca reduzir o impacto de todas as outras medidas e acontecimentos que são tão ou mais importantes que o auxílio.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      FAGNER DUSTIN SILVA GAMONAL BARRA

      ± 6 dias

      Natural que com a divulgação da reunião ministerial, desmoralização do Moro, inquérito das fakenews (AI-5 do STF), politização e instrumentalização do STF, pela postura realista do Governo Federal com coragem de conjugar economia e vida o combate à corrupção e, por último, previsões de 1 milhão de mortos até o fim de agosto caindo para 100 mil, esse fosse o resultado.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        Marli Gutierrez Vettoretti Cardamone

        ± 7 dias

        #BOLSONARO MARAVILHOSO

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • R

          Rogério R

          ± 7 dias

          Jornalistas da globozeta se lamentando com a popularidade de Bolsonaro! Saudades de pixuléco né minha filha???

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • L

            Luiz Angelo

            ± 7 dias

            A Canalhada da Canhota. os *******-uteis e a imprensa-LIXO estão desesperados !!! Bolsonaro continua subindo em sua aprovação... Esta Canalhada atribui esta curva só a Bolsa-Covid ... Então tá... Mas esta mesma Canalhada iria crucificar Bolsonaro se ele não fizesse um programa desse, de tamanha importância !! O FATO é o povo honesto reconhece que Bolsonaro e seu Governo lutam com transparência e competência pelo bem do Brasil e mais, sem mandar NOSSO dinheiro para esgotos de tiranos comunistas, e sem corruPTção, típicas dos governos do FHC Sarcófago, do Molusco Presidiário e da Anta Terrorista ! Chora Canalhada !! Bolsonaro 2022 !! Sem dó !

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • N

              Neto

              ± 7 dias

              Aprovação aumentando, e vocês (da imprensa) continuam batendo. Não entendo isso. Ou o Presidente é muito esperto ou a imprensa é muito burra, ou os dois. O que avalio, não temos mais escândalos de corrupção, apesar da Globolixo, FolhaBosta, etc, tentar achar pelo em ovo; apesar das mazelas daqueles morcegos do STF, remando contra; apesar do esforço CONTRÁRIO

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • D

                De Rossi

                ± 7 dias

                Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • E

                  Eden Lopes Feldman

                  ± 7 dias

                  Por que vincular a aprovação apenas ao auxílio emergencial? Um governo sem escândalos de corrupção, com reformas sendo efetuadas mesmo com o congresso atrapalhando, obras sendo executadas mesmo com toda a dificuldade orçamentária, e apenas o auxílio emergencial é citado? O povo brasileiro se informa muito atualmente, e as redes sociais estão para divulgar a realidade. Péssima análise jornalísticas obre uma pesquisa.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  Fim dos comentários.