Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

# Voto impresso em 2022 é defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, mas também conta com apoio de partidos mais à esquerda, como o PDT, de Ciro Gomes

***) Um novo debate já está colocado sobre o processo eleitoral no Brasil: a adoção do voto impresso já a partir do ano que vem, no pleito de 2022.

Uma bandeira que conta com o apoio total do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, e de aliados dele no Congresso. O Legislativo, aliás, já instalou recentemente uma comissão especial para tratar do tema.

Mas a defesa não está restrita a políticos à direita. Recentemente, o presidente do PDT de Ciro Gomes, Carlos Lupi, também se mostrou favorável.

Importante ressaltar: não se trata de voltar à época da cédula de papel. Seria, sim, a impressão do voto e o depósito deste “papelzinho” em uma urna, para que, segundo defensores da ideia, a auditagem do processo eleitoral ficasse mais transparente.

Presidente do TSE é contra o voto impresso

A possibilidade de implantar esse voto impresso não conta com a simpatia do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luis Roberto Barroso. Em visita recente à Câmara dos Deputados, nesta semana, ele falou sobre isso aos parlamentares.

A comissão especial sobre o tema na Câmara tem a maioria dos deputados no colegiado a favor da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Dos 34 parlamentares, 21 se disseram a favor - para que a proposta avance, são necessários 17 votos.

Mas, é claro, para passar a valer já nas eleições de 2022, a PEC tem de ser aprovada nos plenários da Câmara e do Senado até o início de outubro — um ano antes do pleito, conforme determina a legislação eleitoral.

Este episódio do podcast 15 Minutos recebe o colunista de política da Gazeta do Povo, Diogo Schelp. Ele analisa tudo o que envolve o debate sobre o voto impresso já a partir das eleições do ano que vem.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro e Jenifer Ribeiro; montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]