Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O ex-presidiário Lula disse que pretende fechar clubes de tiro no país se voltar ao poder, que é para ter clube de livros em seu lugar. Lula também disse que Bolsonaro prefere policial em vez de gente, insinuando que policial não é gente. Mas a cena que marcou o desfecho dessa semana foi a de um policial fazendo sua escolta, e não com livros, mas com uma sub-metralhadora pendurada.

A hipocrisia salta aos olhos, e é mais fácil ser desarmamentista quando se tem seguranças fortemente armados cuidando de sua segurança. Mas o que tem assustado a esquerda mesmo é a metralhadora verborrágica de Lula. O capo da quadrilha petista tem disparado estultices para todo lado, preocupando sua base de apoio. É muita munição que o ladrão fornece aos seus adversários, a ponto de Ciro Gomes, antigo aliado, soltar o verbo:

Lula não está nada bem. Para quem o conhece é preocupante o nível de bobagem que ele tem falado todo dia, toda semana. Mas isso eu acredito que é um misto de arrogância com uma profunda, profundíssima mágoa do povo brasileiro, que talvez nem ele lucidamente saiba, porque ele imagina que o povo brasileiro devia ter descido em Curitiba e quebrado tudo, sabe, trazido ele para o poder. Ele disse isso recentemente. Que como um órgão consultivo da ONU declarou a suspeição do Moro, que o que devia acontecer no Brasil é anular a eleição de Bolsonaro e devolver o poder a ele. Ou seja, eu não sei onde ele leu isso na Constituição, mas é a Constituição da cabeça dele. Então é uma prepotência, uma arrogância, que na verdade revela uma fragilidade muito, muito séria. 580 dias de cadeia acho que não fazem, acho não, não fazem bem a ninguém, tanto mais uma pessoa que se considerava inocente, porque ele genuinamente acha que ter distribuído pra turma roubar, que ter recebido favores, privilégios, milhões de reais de palestras que fez de araque, ele sabe que fez de araque, isso tudo não é corrupção na cabeça do Lula porque pra ele corrupção é só dos outros, aliás, pra ele e pro PT a corrupção que interessa e tem que ser denunciada é só a dos outros, a que eles fazem é tudo causa revolucionária numa ética completamente podre que deu nisso que está aí.

Ciro às vezes acerta, tal como um relógio quebrado. E alguém pode alegar que, hoje, Ciro é seu adversário, tentando ocupar o espaço da "terceira via". Mas não é apenas Ciro que está espantado com o grau de boçalidade de Lula. São os militantes esquerdistas na imprensa também, como podemos ver:

Estão todos preocupados com as baboseiras lulistas, sendo o ápice a "entrevista" concedida para a revista Time, onde revelou que Zelensky é tão culpado pela guerra quanto Putin, apelando para um abjeto relativismo moral que confunde vítima e agressor. Guzzo, em texto que comenta sobre a eternA mania de grandeza do líder petista, diz: "Pela cabeça de Lula, a culpa da Segunda Guerra Mundial é dos países da Europa que foram invadidos pela Alemanha nazista – deveriam ter negociado com Hitler, mas provocaram a própria invasão por não terem se entendido com o invasor."

Esse tipo de estupidez tem cobrado e vai cobrar um alto preço eleitoral. Lula não sabe o que fazer na economia e não tem como defender seu legado, pois a destruição finalizada por Dilma começou em seu governo, com o mesmo ministro da Economia. Lula ataca a classe média gratuitamente, ofende a polícia, ameaça censurar a imprensa e as redes sociais, confessa que governaria com radicais como o invasor de propriedade Guilherme Boulos, e por aí vai. É tanto tiro de bazuca no próprio pé que até desconfiamos que ele quer mesmo perder, para curtir sua fortuna roubada com sua nova mulher, em paz...

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]