Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
A obsessão pelo poder: dorianas em campanha para 2022
| Foto:

A tática leninista consiste em acusar o seu adversário daquilo que você mesmo é e faz. O ladrão que grita pega ladrão é uma espécie de discípulo soviético sem saber. E na política sempre foi assim: a esquerda radical sempre flertou com ditadores, sempre fez tudo pelo poder, nunca ligou para a democracia, e acusa os demais de "fascistas" e "autoritários".

Os tucanos eram os alvos prediletos desses comunistas. Apesar de defenderem a social-democracia, de centro-esquerda, os tucanos eram retratados como os fascistas golpistas pelos petistas, e assim foi até o Brasil descobrir, após o advento das redes sociais, que o PSDB nunca foi de direita. Ocorre que hoje os tucanos aprenderam a usar as táticas dos colegas da esquerda.

A pandemia foi o "presente de Deus" para essa turma, como confessou a atriz Jane Fonda, simpatizante da esquerda radical desde sempre. Forneceu o pretexto para que a esquerda se apresentasse como humanista, voltada apenas para as vidas e usando como instrumento somente a ciência. Tudo isso enquanto partia para cima das nossas liberdades e ferrava com a economia com suas medidas arbitrárias sem qualquer respaldo científico.

Não obstante, o outro lado era sempre formado por "negacionistas", por "insensíveis", "obscurantistas" e até "genocidas" e "sociopatas". Na fabricação de narrativas, valia tudo! E esses "democratas" ficaram animados com os resultados nos Estados Unidos: Trump acabou derrotado mesmo, ainda que com suspeita de fraude.

Os tucanos, então, dobraram a aposta. Bolsonaro precisa ser retratado como um monstro responsável por cada morte com Covid. E seu antípoda, o governador de São Paulo João Doria, precisa ser vendido como um humanista, um homem da ciência, que só faz aquilo que deve para salvar o povo. A narrativa é infantil, inverossímil, até ridícula, mas é aquela que os formadores de opinião "dorianas" tentam enfiar goela abaixo do público.

E contam com muitos incentivos! O governo de São Paulo aumentou bastante a verba de publicidade. A TV Cultura, que recebe recurso de fundação ligada ao governo, só convida críticos do governo para entrevistas, e levou o Manhattan Connection para sua grade, que tem Diogo Mainardi entre a turma, um dos "antas" que vivem para pedir impeachment do presidente.

Eles contam com o apoio de militantes tucanos infiltrados no PSL, que traíram o presidente após surfar na onda do bolsonarismo para se eleger, no MBL, que sempre foi tucano mesmo, mas disfarçava um pouco, no Partido Novo, que virou uma extensão alaranjada do PSDB, e por aí vai. Eis o resultado:

Em síntese, nossos “liberais” não passam de uns tucanos oportunistas! E na mídia, então, não faltam tucanos prontos para fazer campanha antecipada por seu candidato, na esperança de derrotar o "terrível" Bolsonaro, que cortou verbas de publicidade para vários desses veículos. Em seu editorial desta quinta, o Estadão colocou Bolsonaro como o mais inepto da história!

O mais inepto?! Isso quando o Brasil acaba de sobreviver ao petismo, a Lula e Dilma! O Estadão Comunista está pior do que a Foice de SP. Mas enquanto alguns focam em detonar o atual governo, outros preferem bajular de forma escancarada ou mais sutil o governador paulista, sua escolha evidente para 2022. A Veja foi mais pela sutileza:

Já a revista IstoÉ preferiu deixar qualquer pudor de lado, abandonar os últimos vestígios de seriedade, e partir para a militância aberta mesmo:

O mais incrível é que a patota tucana não dá um pio sobre esse absurdo! Eles insinuam que todo veículo que não é antibolsonarista histérico se vendeu, mas se calam agora. Isso deve ser normal, pelo visto. A verdade nunca esteve tão evidente, pois todas as máscaras caíram durante a pandemia. E como a vacina milagrosa ainda não surtiu efeito, Doria achou adequado voltar a restringir a liberdade da população.

Marcelo de Carvalho, da RedeTV, ironizou: "Tudo fechado de novo ! Até PARQUES! e com 55.000 vacinados em 5 dias, ( média de 10.00/dia), em 12,32 anos ou seja no ano 2.033 estaremos vacinados e poderá reabrir !! Ebaaaa vitória da “ciência“ dos coronalovers e dos “tranca tudo”!!! É o teatro do absurdo!!!"

A "ciência" dos tucanos é uma só: a obsessão pelo poder!

15 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]