Dois bandidos invadem casa de veterano da Guerra da Coreia, com 85 anos, e se dão mal…
| Foto:

Dois bandidos resolveram invadir a casa de um veterano da Guerra da Coreia, mas acabaram se dando mal. Don Lutz, com 85 anos, estava acordado na madrugada de sexta, em sua casa na Pennsylvania. Após escutar o barulho da invasão, Lutz pegou sua arma embaixo do travesseiro e foi confrontar os invasores.

“Eu só disparei uma vez, estava escuro”, disse Lutz. “Ele me atacou e estava perto, e eu atirei”, acrescentou. Em seguida, Lutz disse que eles pularam em cima dele e rolaram pelo chão. Mas um dos invasores já estava morto, e o outro, ao perceber, levantou-se e saiu correndo pela porta.

A polícia disse que está em busca do segundo invasor, que os investigadores acreditam ter sido baleado pelo tiro único, pois não foi encontrada bala alguma na residência. Lutz torce para que o tiro tenha acertado ambos mesmo, e não demonstra arrependimento algum por ter matado um dos marginais.

Lutz diz que se sente bem, apesar de um pouco de dor, e que sua fé o fez atravessar a provação. “Eu nunca senti medo em minha vida. Deus esteve sempre comigo e sou um crente fiel de Deus e Jesus Cristo”, disse. A polícia alega que o tiro foi legítima-defesa e não vai abrir processo contra Lutz.

O herói de guerra foi o herói de seu próprio castelo. Graças à sua arma, um idoso de 85 anos foi capaz de enfrentar dois jovens marginais, proteger sua casa, matar um dos bandidos, e sair ileso.

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]