Fierj recebe Marcelo Freixo hoje: vão perguntar do antissemitismo de Babá?
| Foto:

A Fierj receberá o candidato Marcelo Freixo hoje, como parte de uma sequência de debates com os diferentes candidatos a prefeito do Rio. Recebi em meu email: “A comunidade judaica está participando ativamente dos encontros promovidos pela FIERJ com os candidatos a prefeito do Rio. O convidado de hoje (12/09) é o candidato Marcelo Freixo (PSOL). Às 18h30, na FIERJ – Av. N.S. de Copacabana, 680 – Cobertura”.

Tudo bem. Democracia é isso mesmo, algo que o PSOL de Freixo não respeita, não demonstra apreço algum. Mas cabe perguntar: por acaso vão colocar o candidato contra a parede e perguntá-lo sobre as claras demonstrações antissemitas de seu partido e de seu companheiro Babá? Para quem não lembra, lá vai:

Reinaldo Azevedo escreveu à época sobre isso:

Está tudo ali, não? O tal Babá, candidato de Freixo a vereador, ajuda a queimar a bandeira de Israel em meio à gritaria militante. E Freixo aparece para meter as digitais nos atos.

Dadas as últimas manifestações do PSOL, não vejo nenhuma razão para que o partido não seja também antissemita. “Ah, não confunda a crítica a Israel com antissemitismo”, gritarão algumas polianas. Claro que não confundo. Os que criticam escolhas feitas por governos israelenses não queimam a bandeira do país.

Ódio, intolerância, violência.

Eis a marca registrada do PSOL, da esquerda radical. É o que chamam de “protesto”, quando não vêm os mascarados quebrar tudo em nome da “tolerância”.

Um amigo, bastante ligado à comunidade judaica, me mandou essa mensagem outro dia:

Não sei se você sabe, mas na Comunidade Judaica do RJ temos eleições diretas para a presidência da Federação Israelita. Estou trabalhando junto à chapa de oposição à atual presidência, inteiramente formada por gente liberal/conservadora, e estamos enfrentando uma chapa que é ligada (veja só!) ao PSOL! A campanha é aguerrida como numa campanha política de verdade, e estamos em busca de apoio de gente de relevo da Comunidade. E você, como judeu honorário e um verdadeiro popstar entre os nossos (como vimos naquela palestra em Copacabana) nos ajudaria muito se nos enviasse uma mensagem de apoio à Chapa 200 – Resgate e Atitude. Podemos contar com o seu apoio à nossa candidatura?

A ligação da outra chapa com o PSOL se dá através do irmão do candidato a vice, que é candidato a vereador aqui no Rio. Para não ferir suscetibilidades, nós estamos usando em nossa campanha o slogan “sionismo sem partido”, o que já bate de frente com eles, que usam partidos de esquerda daqui e de Israel em suas campanhas. O cabeça da nossa chapa, que se chama “Resgate e Atitude”, é Sérgio Adelsohn, e aqui você pode ver o que estamos propondo.

Não posso votar na eleição para a presidência e o Conselho da FIERJ, e nem judeu eu sou, mas se eu votasse, procuraria uma chapa que não estivesse próxima de candidaturas da política comum, ainda mais envolvendo partidos com histórico anti-Israel e cujos projetos de país são tão nefastos. Procuraria um candidato voltado apenas à comunidade judaica, jamais um socialista ligado ao PSOL.

Freixo vai falar aos judeus hoje. Não esqueçam de perguntar o que ele acha de Babá, aquele que queima bandeiras de Israel para defender os terroristas palestinos…

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]