i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rodrigo Constantino

Foto de perfil de Rodrigo Constantino
Ver perfil

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Mulher corajosa diz a verdade e cala a boca de apresentador que tenta culpar Ocidente pela matança islâmica

  • PorRodrigo Constantino
  • 29/01/2016 14:55
Acredite: há quem culpe a vítima por essa barbárie, não o próprio bárbaro!
Acredite: há quem culpe a vítima por essa barbárie, não o próprio bárbaro!| Foto:

Ainda há gente corajosa nesse mundo! Como Ayaan Hirsi Ali, que vem desafiando a intolerância islâmica com livros sobre verdades inconvenientes de sua religião. Ou como essa entrevistada, que resolveu deixar a típica hipocrisia de lado e responder com sinceridade sobre o sangue derramado nos países muçulmanos:

Resposta perfeitaResposta perfeita cala a boca de apresentador muçulmano.

Publicado por Islamismo é o novo nazismo em Terça, 26 de janeiro de 2016

Reparem que ela é crítica dos governos desses países ocidentais, como os Estados Unidos e a Inglaterra, mas isso não a impede de ser honesta sobre a verdadeira origem do problema. Ao contrário de uma elite podre e culpada do próprio Ocidente, que adora desprezar sua própria civilização (usufruindo do conforto e da liberdade que só ela oferece, claro), essa mulher se arrisca pelo direito de dizer o óbvio.

A prática de responsabilizar os países ocidentais pelo atraso, miséria e terrorismo de vários países islâmicos é algo que encanta um Sean Penn da vida, um Michael Moore, um Noam Chomsky e tutti quanti. Mas é, evidentemente, um absurdo! Ainda bem que há gente no mundo árabe com a disposição de deixar isso bem claro, mesmo assumindo os claros riscos que essa postura representa em meio a malucos que matam por qualquer “heresia”.

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.