Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

Ocasio-Cortez compara detenção de imigrantes ilegais a campos de concentração nazistas

0

Alexandria Ocasio-Cortez, a “fresh face” do Partido Democrata, simplesmente não consegue parar de produzir gafes. É o resultado do somatório de sua profunda ignorância com sua extrema arrogância, a própria definição de estupidez. E como a mídia mainstream, no afã de criar uma personagem, passa pano em todas as suas bobagens, ela segue dobrando as apostas.

A mais nova atrocidade proferida pela congressista de esquerda foi chamar os estabelecimentos para manter os imigrantes ilegais enquanto aguardam julgamento de asilo de campos de concentração, fazendo ainda por cima direta alusão ao nazismo ao mencionar a expressão “nunca mais”. Ela fez tal comparação numa entrevista e, não satisfeita, estampou a mesma mensagem em seu Twitter.

A polêmica era inevitável. Vários se mostraram revoltados com a comparação esdrúxula. Historiadores e responsáveis pela memória do Holocausto cobraram uma retratação, lembrando dos horrores do genocídio nazista, que exterminou algo como seis milhões de judeus. Os republicanos detonaram a imbecilidade. Já seus colegas democratas e os “jornalistas” saíram em sua defesa…

Foram duas estratégias distintas. A primeira foi negar que ela falava do nazismo, já que campos de concentração existiram antes de Hitler. Era uma definição mais “técnica”, de locais em que pessoas são presas sem o devido julgamento. Assumindo esse conceito, todas as prisões seriam “campos de concentração”, pois muitos prisioneiros ainda aguardam julgamento definitivo.

A segunda tática foi aceitar o óbvio, que ela se referia aos campos nazistas mesmo, mas sustentar que a comparação faz algum sentido. Afinal, como sabemos, prender imigrantes que tentam entrar de forma criminosa nos Estados Unidos e lhes oferecer cama, água e comida enquanto aguardam seus processos é exatamente o mesmo que colocar em trabalho forçado gente que tentava fugir de seus países.

É como aquela analogia entre o muro que procura impedir a entrada de ilegais do México com o muro que visava a impedir a saída do próprio povo da Alemanha Oriental comunista. Mas quem liga para lógica quando o importante é comparar Trump com Hitler?

Não adianta: nem todo malabarismo do mundo é capaz de aliviar a estupidez da comparação feita pela ex-atendente de bar, que se tornou “especialista” em clima, economia, direito etc. e que representa o futuro do Partido Democrata. Do alto de sua arrogância, alimentada pela imprensa cúmplice e cada vez mais radical, Ocasio-Cortez é incapaz de voltar atrás, pedir desculpas, reconhecer erros. Ela ofende e banca a ofendida depois. Eis aí a cara da esquerda moderna!

Rodrigo Constantino

8 recomendações para você

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Loading Facebook Comments ...

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Saiba Mais

Arquivos