Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

PIB volta a crescer após dois anos de forte queda: saudades do PT?

A economia brasileira voltou a crescer após dois anos de forte retração. Segundo o IBGE, o Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todas as riquezas produzidas pelo país – avançou 1% em 2017. Os destaques foram o crescimento da agropecuária, pelo lado da produção, e do consumo das famílias, pela ótica da demanda.

O PIB havia encolhido 3,5% tanto em 2015 quanto em 2016, acumulando queda de quase 7% nesses dois anos. Até então, a última vez em que a economia havia registrado crescimento foi em 2014. E um crescimento bastante discreto, de apenas 0,5%.

São dados de um crescimento muito tímido ainda, bastante dependente do agronegócio (a alta na agropecuária decorreu, principalmente, do desempenho da agricultura, com destaque para as lavouras do milho, com aumento de 55,2%, e da soja, com alta de 19,4%).

Além disso, o baixo investimento continua sendo nosso calcanhar de Aquiles. A taxa de investimento (Formação Bruta de Capital Fixo) em 2017 foi de apenas 15,6% do PIB, abaixo do observado no ano anterior (16,1%). A taxa de poupança foi de 14,8% em 2017 (ante 13,9% no ano anterior).

Ou seja, continuamos poupando muito pouco, basicamente por culpa do governo, que gasta muito, e isso leva a uma baixa taxa de investimento produtivo, que quando sobe é só por conta da poupança externa, deixando o país numa situação vulnerável.

O resumo é que a situação parou de piorar, a sangria causada pelo PT foi estancada, e ensaiamos uma leve melhora. Mas ainda é muito pouco! Ainda mais levando em consideração a pobreza no país, o nível de desemprego, a péssima condição de vida de milhões de brasileiros.

Justiça seja feita, o governo Temer tem méritos, e os dados mostram isso. Essa semana mesmo vimos que o superávit primário de R$ 31 bilhões em janeiro foi o melhor resultado em 22 anos! Tivemos a importante reforma trabalhista, que já sinaliza queda nos processos judiciais. Tivemos a retomada da agenda de privatizações, a tentativa, infelizmente fracassada, de reformar a Previdência, e outras conquistas importantes.

Foi um governo que fez muito em pouco tempo, verdade seja dita. Temer é, sem dúvida, o melhor presidente que os petistas já elegeram. Mas ainda está muito aquém do que precisamos. Há muito a ser feito ainda, e para a retomada de um crescimento sustentável para valer será necessário um governo reformista de direita em 2019.

Ou isso, ou ficaremos apenas boiando, sem sair do lugar, enquanto a demanda social reprimida continua criando um barril de pólvora na nação.

Rodrigo Constantino

8 recomendações para você

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos