Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

Podcast Ideias: Por que intelectuais querem censurar o WhatsApp no Brasil?

0

Cristina Tardáguila, diretora da Agência Lupa de checagem de fatos; Fabrício Benevenuto, professor de ciência da computação da Universidade Federal de Minas Gerais; e Pablo Ortellado, professor de gestão de políticas públicas na USP; escreveram um artigo a seis mãos para o New York Times defendendo que o Whatsapp limite o envio de mensagens a apenas cinco pessoas, para, de acordo com eles, “combater a disseminação de desinformação”.

Em sua conta no Facebook, Ortellado afirmou que ele, Cristina e Fabrício pediram:

“ao WhatsApp que restrinja severamente a capacidade de transmissão do aplicativo, que limite a 5 o número de reenvios, como já acontece na Índia e que limite o tamanho de novos grupos. Acreditamos que com a adoção imediata dessas três medidas é possível uma redução rápida do dano que a desinformação tem causado ao debate eleitoral.

Informamos ao WhatsApp nossa proposta e a empresa nos respondeu que não há tempo para implementá-las. Nós discordamos. Na Índia, após uma série de linchamentos causados por boatos difundidos no aplicativo, o WhatsApp conseguiu implementar mudanças em poucos dias. Nossa situação é bastante grave.

Estamos conclamando também o TSE e outras instituições com poder regulatório para agir.”

No artigo, Ortellado e companhia também pedem para que o Whatsapp restrinja o tamanho dos grupos e limite as transmissões.

Eu, Guilherme Fiuza e Gustavo Nogy comentamos o assunto no podcast abaixo.

Rodrigo Constantino

8 recomendações para você

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Loading Facebook Comments ...

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito