i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rodrigo Constantino

Foto de perfil de Rodrigo Constantino
Ver perfil

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Se os ingleses têm Paul McCartney, nós temos Anitta para abrir as Olimpíadas: pre-pa-ra!

  • PorRodrigo Constantino
  • 11/07/2016 09:44
Se os ingleses têm Paul McCartney, nós temos Anitta para abrir as Olimpíadas: pre-pa-ra!
| Foto:

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2016 já tem a presença certa de três artistas: Anitta, Caetano Veloso e Gilberto Gil. O Comitê Organizador da Rio 2016 confirmou neste domingo os nomes que vão se apresentar no dia 5 de agosto, no estádio do Maracanã.

A informação foi inicialmente publicada pelo portal UOL e depois confirmada pelo Globoesporte.com. Ainda não há mais detalhes sobre as apresentações. Por enquanto, também ainda não existe uma definição sobre quem vai acender a pira olímpica.

Anitta, que começou a fazer sucesso no Brasil com a música “Show das Poderosas”, ainda terá outra participação nos Jogos Olímpicos do Rio. Ela terá suas músicas usadas na apresentação de solo de Daniele Hypólito, na ginástica artística.

Na Olimpíada de Londres, em 2012, o ex-Beatle Paul McCartney foi uma das estrelas da abertura e tocou clássicos como “Hey Jude” e “The End”. A cerimônia também teve a participação de nomes como o humorista Mr. Bean e destacou as tradições britânicas.

É justo. Se os ingleses têm um Beatle e um humor clássico, nós temos a funkeira e o “humor” escrachado. Sou a favor de convidar Fabio Porchat, o humorista engajado, para fazer piadinhas na abertura também. Precisamos mostrar nossa “cultura” para o mundo todo, explicar qual o destino de tantos bilhões de investimento “cultural” por parte do nosso governo.

Caetano já fez vários elogios ao talento de Anitta, e acha que o funk é o novo tropicalismo. O importante é o Brasil manter esse seu estilo descolado, sensual. Esqueçam Machado de Assis: somos conhecidos pelos bumbuns na Sapucaí e as festas animadas a tiros de fuzis nas favelas cariocas.

Se os ícones culturais servem de referência para nossas crianças, então é isso que estamos mostrando como louvável: o funk, o rebolado até o chão com shortinho minúsculo, a vulgaridade. Mas ninguém poderia dizer que o Brasil está sendo representado de maneira equivocada, poderia? Não é exatamente isso que temos para mostrar mesmo? Especialmente após 13 longos anos de PT no poder?

E o leitor “moralista” que se acalme, pois poderia ser muito pior. Sempre pode! Duvida? Então vejam essa música do MC Bin Laden, e imaginem ela abrindo nossos jogos:

Não seria um sucesso estrondoso, bombástico? Quem sabe em 2028, com muito investimento “cultural” por parte do governo brasileiro, com todo o apoio de Caetano e Gil ao novo tropicalismo, não consigamos fazer uma Olimpíada novamente aqui para dar oportunidade a esses talentos artísticos impressionantes?

O Brasil cansa. E é preciso compreender o óbvio: nossa luta é cultural acima de tudo.

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.