Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

Soros como herói das lutas civis e democráticas contra fascistas? Conta outra!

0

Uma reportagem do GLOBO deste domingo sobre George Soros mais parecia um trabalho de assessoria de imprensa do especulador bilionário que financia a extrema-esquerda mundo afora. Já no título esse viés ficava óbvio: “Expulso da Hungria, George Soros se volta para combate à extrema direita na Europa Ocidental”. No subtítulo, mais evidências: “Historicamente, fundação atua na defesa dos direitos humanos em países do Leste Europeu”.

Soros é pintado como um herói dos movimentos civis lutando contra fascistas, sendo que a realidade é bem diferente, praticamente o oposto. Diz o primeiro parágrafo:  “A Fundação Open Society , comandada pelo megainvestidor George Soros e mais conhecida por financiar ativistas de direitos civis no Leste Europeu e em países em desenvolvimento, tem voltado sua atenção para o lado ocidental do continente, em resposta àascensão da extrema direita . No ano passado, a entidade decidiu fechar um de seus escritórios, ativo há trinta anos, em Budapeste, na Hungria, por causa da hostilidade do governo ultranacionalista do primeiro-ministro Viktor Orbán”.

Não é preciso gostar da direita nacional-populista para identificar as mentiras do texto. Soros financia grupos radicais como Antifa, Black Lives Matter e Mídia Ninja, grupos que pregam o socialismo e o uso de violência para seus “nobres” fins. Há poucos movimentos mais parecidos com o fascismo hoje do que a Antifa. O nacional-populismo é, em boa parte, uma reação a esse avanço do esquerdismo radical, bancado pelo próprio Soros. Inclusive o financiamento a grupos extremistas pelo especulador, chamado eufemisticamente de megainvestidor, alimenta as teses conspiratórias da alt-right de que o húngaro judeu está por trás do marxismo cultural, como se fosse algo bem mais orquestrado do que de fato é.

O jornal dá a entender que Soros é um heroi da democracia e das minorias, e que virou o bicho-papão da “extrema direita” por oportunismo, que a difamação foi uma “cortina de fumaça” para encobrir ataques a organizações civis locais. No dia em que a imprensa aprender que existe a extrema-esquerda e que Soros é parte dela, sua credibilidade talvez comece a parar de cair…

Rodrigo Constantino

8 recomendações para você

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Loading Facebook Comments ...

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Saiba Mais

Arquivos