Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Tadinho do Chico Buarque, uma vítima! Ou: A cusparada do guru da esquerda caviar
| Foto:

Eis o que ninguém da esquerda lembrou ao sair em defesa de Chico Buarque, “vítima” de uma “agressão” no Leblon por antipetistas: foi o lado dele o primeiro a xingar, a falar “seu merda”. O tal “fascista” apenas retrucou, reagiu, constatando um fato científico: merda é petista, defensor dessa quadrilha incrustada no poder que vem destruindo o Brasil.

Mas isso não impediu a gentalha de escrever notas de solidariedade ao compositor, ou de falar da “intolerância” no país, da “agressividade” da oposição ao governo. Um deles, um tal de Vidraça ou algo do tipo, comentador de filmes, quase “chorou” no texto, revoltado com o tratamento ao guru, um “patrimônio nacional”. Sei, é tudo muito patético. Mas é isso a esquerda.

Muito já se falou sobre a cara de pau dessa gente, “horrorizada” com a “intolerância” dos antipetistas, ao mesmo tempo que nada fala sobre agressões verdadeiras sofridas pelos antipetistas por gente do “exército paralelo” do PT. Mas eis o que quero falar aqui: Chico, a “doce criatura” que adora ditadores assassinos, quando não gosta de alguém mete logo cuspe na cara!

Duvida? Veja o relato feito por Jaguar, acima de suspeitas ideológicas e testemunha presencial na cena do crime:

Como é fofo esse Chico Buarque, não é mesmo? Tadinho! Um senhor, um idoso que nada faz além de campanha para bandidos, ser hostilizado assim por “fascistas” que não toleram as divergências. Se fossem como o próprio Chico, sai de baixo! O compositor sairia do chique e caro restaurante do Leblon todo escarrado…

Sobre o assunto, que já cansou e serviu apenas para expor ainda mais a canalhice da nossa esquerda hipócrita, eis o vídeo que gravei:

Meus “dois cents” sobre esse assunto do Chico Buarque.

Posted by Rodrigo Constantino on Quarta, 23 de dezembro de 2015

E fim de papo!

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]