i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rodrigo Constantino

Foto de perfil de Rodrigo Constantino
Ver perfil

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Liberais de todo o Brasil: uni-vos

  • PorJuliano Oliveira
  • 07/01/2021 13:37
Liberais de todo o Brasil: uni-vos
| Foto:

Por Juliano Oliveira, publicado pelo Instituto Liberal

É difícil entender como alguns liberais ou supostos liberais puderam condescender com a tirania que, ainda hoje, assombra-nos. Liberais sempre foram céticos em relação ao sucesso que o poder estatal poderia obter ao ser aplicado na resolução de problemas. Magicamente, no entanto, a partir de meados de 2020, alguns defensores do movimento liberal (e até libertários, o que é uma contradição lógica) fizeram coro com os estatistas e adeptos do movimento intervencionista na busca por uma resposta central para os problemas decorrentes da pandemia do coronavírus.

Este foi o pensamento que me sobreveio na tarde de hoje enquanto lia as sempre sensatas considerações do autor de Democracia: o deus que falhou, Hans-Hermann Hoppe. Para o autor, nada justifica que haja esperança nas arbitrariedades de alguns poucos homens a quem foi dado o poder de tomar decisões cujas consequências dificilmente recairão sobre eles mesmos. Como nos alerta a expressão “Arrogância Fatal”, cunhada por Friedrich Hayek, não raro os homens que ocupam nossas casas legislativas não possuem o conhecimento necessário para agir com a prudência que o momento exige.

Não quero cansar o leitor. Quem me acompanha sabe quão insistente sou ao tratar da tirania que ganhou contornos assustadores nos últimos meses. Acredito, no entanto, mesmo sob risco de ser prolixo, que seja meu dever cívico chamar a atenção para o fato de que, não fossem os políticos e suas decisões apressadas e centralizadoras, teríamos enfrentado essa doença com mais serenidade e, por que não dizer, sucesso. Não nos esqueçamos, afinal, de que todas as amenidades da vida foram proporcionadas (assim como todo o fardo da nossa frágil existência foi superado) pela integração coordenada de forma anárquica pelo fenômeno da espontaneidade dos indivíduos em busca da satisfação pessoal.

O corolário inescapável de um anarquismo social em que cada um, na busca pela satisfação pessoal de seus próprios desejos, é forçado a satisfazer, antes, os desejos de seus concidadãos, é o aumento do padrão de vida da sociedade. Apenas decisões descentralizadas são capazes de prover soluções para os mais complexos problemas da efêmera existência humana. Daí que, como destaca Hoppe, apenas instituições ou associações privadas, apenas indivíduos responsáveis por propriedades privadas, são capazes de tomar as melhores decisões em cenários como o atual. Clientes e anfitriões, não fossem as imposições sob ameaça de uso de força policial, tomariam todas as medidas de precaução necessárias para que a disseminação do vírus não ocorresse em sua propriedade particular. Caso não fossem bem-sucedidos nesta tarefa, facilmente veriam seus lucros minguarem e suas propriedades serem vertiginosamente desvalorizadas pelo plebiscito do mercado. Os clientes e anfitriões (e apenas eles) seriam os responsáveis pelos ônus e bônus de suas decisões. Aqueles que fossem malsucedidos na adoção de precauções e na proteção de seus clientes/anfitriões seriam forçados a rever rapidamente suas estratégias e a adotar melhores práticas.

O que se vê no Brasil e no mundo de hoje, para nossa mais completa lamentação, é que políticos estão usando em favor de seus próprios interesses uma doença (segundo Hoppe, longe de ser uma pandemia de proporções apocalípticas como anuncia a grande mídia) que seria facilmente contornada numa sociedade livre. Com esse intento, números absolutos são divulgados, martelados em nossas mentes, nunca os números relativos. Não se pode permitir que a sociedade coloque os números das mortes causadas pelo vírus em perspectiva e perceba que a coisa não é tão temível quanto se alardeia.

É urgente que os liberais apontem os crimes que estão sendo perpetrados contra a humanidade. As estatísticas divulgadas a todo momento pelos governadores e prefeitos, os tiranos locais, parecem gerar neles uma sensação quase indescritível de prazer quando, amparados por esses números, avançam com o seu despotismo ordenando o fechamento de escolas (com danos incalculáveis para as crianças), a prisão domiciliar em larga escala e, entre outras mil inciativas tirânicas, a invasão de propriedades privadas. É hora de os liberais se unirem nesta luta por meio de suas ideias. Afinal, “ideias e somente ideias podem iluminar a escuridão” (Ludwig von Mises).

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • F

    Freitas

    08/01/2021 15:31:01

    "O Planalto decretou sigilo de até 100 anos do cartão de vacinação do presidente Bolsonaro e sobre qualquer informação relativa a imunizantes que ele tenha recebido. " - APENAS 100 ANOS?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • T

      Thiago

      08/01/2021 14:15:02

      O virus popstar é, como todo popstars, mais um fenômeno de mídia do que um gênio objetivamenre digno de nota. Mas o marketing vitorioso que o cerca (acabou de instaurar um regime totalitário nos EUA) é genial em si mesmo e nada improvisado. Pode até ser que o estado forte chinês seja a real ameaça, mas ñ é a ameaça presente. Se o "comunismo" chinês está agindo, está operando por interposta pessoa. As milícias terroristas virtuais e físicas rodam em protocolos de Filosofia pós-Moderna imunes à refutação_porque internamente contraditórios_ e crescem. Enquanto os liberais, e demais direitistas seguem achando que seu adversário é algum tipo de Marxismo. Já perdemos. Sugiro ler mais o I Ching

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • G

        Guilherme

        07/01/2021 19:22:31

        Ótimo artigo Juliano Oliveira. É preciso que liberais em posições previlegiadas se posicionem com mais clamor. A esquerda pode falar as dissimulações que quiser mas a direita, em nome de um pragmatismo, fica quieta e se permite ser engolida. Ademais, estaremos preparando futuras gerações pois a década já foi perdida para os metacapitalistas através da subserviência de tecnocratas globalistas europeus.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.