Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Um escrivão da Polícia Civil de Araucária e um falso advogado, que mantinham um esquema de extorsão na cidade, vão prestar depoimento nesta terça-feira (14). Ambos foram presos na última sexta-feira (10), como resultado de investigação realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Eles são acusados de extorsão e estelionato porque cobravam dinheiro de pessoas que haviam sido presas. Mediante o pagamento, os presos eram liberados indevidamente.

De acordo com o Ministério Público, eles devem permanecer detidos até o fim das investigações.

O caso

O esquema foi denunciado pela mulher de um homem que estava preso. Ele já havia sido beneficiado pelo esquema, mas como estava em dívida com a dupla por uma detenção anterior, não conseguiu a soltura pela segunda vez.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]