Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Uma adolescente de 14 anos teve ferimentos no rosto feitos com uma lâmina de apontador durante uma briga com uma colega de classe na última terça-feira (26), em Sobradinho, a cerca de 25 Km de Brasília.

O desentendimento entra as jovens aconteceu em frente a escola pública onde as duas estudam. De acordo com a polícia, uma das garotas teria usado a lâmina de um apontador de lápis para agredir a outra. Foram cerca de 20 cortes. A agressora disse que estava apenas se defendendo.

De acordo com testemunhas, as duas teriam marcado um encontro e chegaram a trocar socos e tapas, mas quando o segurança da escola chegou a confusão já tinha acabado.

A direção da escola não quis comentar o assunto, mas disse que a briga foi um fato isolado e que não é comum ter confusão entre alunos. A mãe da jovem agredida está assustada. "Foi premeditado porque a arma foi fabricada. Não aconteceu dentro da escola, mas foi planejado lá dentro", avalia a cuidadora de idoso, Rute Percilia Rocha.

As duas jovens passaram por exames no IML e foram autuadas por lesão corporal. O delegado Yuri Fernandes confirma a premeditação, o que pode influenciar na decisão do juiz. "Enquanto uma pode levar advertência, a que usou a lâmina para ferir a outra pode pegar prestação de serviço a comunidade ou outra medida socioeducativa", esclarece.

Na hora da briga, as meninas deveriam estar na aula de ciências, mas, segundo a regional de ensino, a turma foi liberada mais cedo porque faltava professor. A direção da escola suspendeu as duas. Elas já tinham sido advertidas na semana passada por causa de outra briga.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]