i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
tensão

Agricultor é morto em região de conflito com índios no sul da Bahia

    • SALVADOR
    • Folhapress
    • 29/01/2016 08:30

    Um agricultor foi morto e outro ficou ferido na madrugada desta quinta-feira (28), em Buerarema, no sul da Bahia. A suspeita é que a morte tenha ocorrido em meio a conflitos com índios, frequentes na região.

    O assassinato de um fazendeiro identificado como José Carlos foi confirmado pela Polícia Civil, que ainda não divulgou detalhes sobre as circunstâncias do conflito. Ele foi morto a tiros dentro da própria fazenda.

    O agricultor que ficou ferido, identificado como Gilvan, está internado em estado grave no Hospital de Base, na cidade vizinha de Itabuna, após ter sido atingido por golpes de facão.

    O presidente da Associação de Pequenos Agricultores de Uma, Ilhéus e Buerarema, Abiel Santos, afirma que as fazendas foram invadidas por um grupo de índios que saquearam sacas de cacau. Uma das fazendas teve a plantação incendiada.

    Ele diz que os índios romperam um acordo e voltaram a invadir fazendas na região.

    A polícia, porém, também suspeita de que os agricultores estão plantando em terras indígenas. Caso seja confirmado que a área do conflito era demarcada, a Polícia Federal irá assumir as investigações.

    A região de Buerarema é palco de um conflito histórico entre índios e fazendeiros e já recebeu reforço de homens da Força Nacional em 2012 e 2014.

    Há pelo menos um ano, foi firmado um acordo entre fazendeiros e indígenas para cessar as ocupações e os atos de violência até que houvesse uma decisão final da Justiça sobre o conflito de terras da região.

    O acordo foi firmado após um agricultor ter sido assassinado em um assentamento em fevereiro de 2014.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.