Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Após manter a ex-mulher e um bebê recém-nascido em cárcere privado, Jerry Eder Aguiar de Oliveira, 41, foi encontrado morto na manhã de hoje no município de Sapucaia do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre.

De acordo com o sargento Marcelo Aguiar, do Corpo de Bombeiros, a polícia fazia contato por telefone com Oliveira a cada intervalo de 20 minutos. No começo da manhã, por volta das 7h, Oliveira parou de atender as ligações e, também, não respondia mais aos chamados dos policiais, que estavam do lado de fora da casa.

Os policiais transpassaram a barricada montada por Oliveira em frente à porta da casa e encontraram-no enforcado com um fio. Sua ex-mulher, Rosemeri da Silva Anori, 51, estava deitada na cama desacordada. Segundo Aguiar, ela tinha sinais de estrangulamento no pescoço. Ele manteve Anori como reféns por mais de 20 horas.

Uma equipe médica realizou os primeiros atendimentos ainda do lado de fora da casa. Ela foi encaminhada para o hospital Getúlio Vargas e passa bem.

Segundo a Brigada Militar, Oliveira tem antecedentes criminais por roubo e está em liberdade condicional. Ele, que tem um histórico de agressividade, chegou a invadir a casa da ex-companheira algumas vezes nos últimos dias, mas saiu após a polícia ser acionada. Os dois tiveram menos de dois anos de casados.

Oliveira invadiu a casa da ex-mulher por volta das 10h30 de ontem (4) após ameaçá-los com uma faca. Durante o dia, a política negociou com Oliveira e conseguiu a libertação do bebê, neto do casal, por volta das 16h, sem ferimentos. O bebê passou por avaliação médica e foi entregue aos pais.

"No começo da noite houve uma intensa negociação. Achamos que ele ia se render, porém não foi o caso", disse o subcomandante geral da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, coronel Sillanus Mello.

Um advogado e um defensor público também participam das negociações em parceria com o Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar e o Comando de Policiamento da Capital, que cercou as ruas do bairro Vila Trensurb, onde está a casa.

O corpo continua no local à espera da equipe de perícia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]