034356

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. Apresentador de TV de Ponta Grossa é preso acusado de tráfico de drogas

Campos GErais

Apresentador de TV de Ponta Grossa é preso acusado de tráfico de drogas

Marcelo Ciunek, conhecido como o Gordo da Madrugada, apresentava o programa Pegando Pesado, no canal TVM

  • Gazeta do Povo, com informações de Ismael de Freitas
  • Atualizado em às
Na operação uma lancha foi apreendida pela polícia |
Na operação uma lancha foi apreendida pela polícia
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Apresentador de TV de Ponta Grossa é preso acusado de tráfico de drogas

O apresentador de TV Marcelo Ciunek, conhecido como o Gordo da Madrugada, foi preso na tarde desta terça-feira (31), em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, acusado de tráfico de drogas. Há três anos, o apresentador do programa "Pegando Pesado", no canal pago TVM, vinha sendo investigado e foi detido assim que a polícia recebeu o mandado de busca e apreensão.

Na casa de Ciunek, policiais encontraram um quilo de cocaína escondido dentro de um videocassete. Outros 200 gramas da droga pronto para a venda estavam na cabeceira da cama. De acordo com o delegado que efetuou a prisão, Jairo Luiz Duarte de Camargo, também foi encontrado umveículo C4 Pallas, da Citröen, que Ciunek utilizava para transportar a droga.

Depois da prisão, a polícia foi a outros três locais. Em um deles, foi encontrada uma lancha supostamente comprados com os lucros do tráfico, de acordo com informações do telejornal ParanáTV, da TV Esplanada, afiliada da RPC TV. Todo o material apreendido foi enviado para a delegacia da cidade.

“Ele confessou que já traficava em Ponta Grossa há pelo menos quatro anos em casas noturnas, shows e festas para pessoas de alto poder aquisitivo. A investigação aponta que ele movimentava grande quantidade de drogas, mas não há como precisar isso agora”, disse o delegado. O traficante foi encaminhado ao Minipresídio Hildebrando de Souza e está à disposição da Justiça. Ele pode ser condenado a até 15 anos de prisão.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE