i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

De R$ 2 mil a R$ 849 mil: auxílio emergencial será pago a instituições que abrigam idosos

  • PorGazeta do Povo
  • 23/10/2020 21:15
Auxílio emergencial será pago a instituições que abrigam idosos
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves| Foto: Carolina Antunes/PR

Aproximadamente 2,1 mil instituições (2.118) que abrigam idosos, as chamadas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), foram habilitadas pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) para receber o auxílio emergencial do governo federal. Os montantes distribuídos, porém, serão diferentes dos que foram pagos às pessoas físicas. O valor per capita será de R$ 2.322,34 e a verba total varia de acordo com o número de pessoas atendidas.

Há casos de entidades que serão contempladas com o valor mínimo (R$ 2.322,34). Outras terão acesso a montantes diversos e que em umas das situações chega a R$ 849 mil. Cada instituição irá receber parcela única do auxílio.

Segundo a pasta, o repasse total nessa ação do governo federal será de R$ 160 milhões. A liberação do dinheiro, porém, não tem data certa para ocorrer. A expectativa é de que aconteça ainda em 2020. Para que isso seja possível, haverá ainda a assinatura do termo de cooperação entre o MMFDH e cada uma das 2.118 entidades. Após essa fase, será distribuída uma cartilha que explica como a verba poderá ser utilizada e haverá um curso de gestão financeira.

Cerca de 70 mil idosos que vivem nas ILPIs devem ser beneficiados em todos o país. O dinheiro terá que ser usado na compra de equipamentos médico-hospitalares de livre comercialização, alimentos, produtos e materiais para limpeza e descontaminação dos ambientes, entre outros. As instituições terão que prestar contas ao ministério sobre seus gastos.

O pagamento será feito por meio eletrônico. “Não será autorizada a realização de transferências entre contas, uso de cheques, saques em espécie ou pagamentos parcelados”, explicou o MMFDH.

As instituições que tiverem dúvidas sobre o auxílio emergencial devem entrar em contato com o ministério por meio do e-mail auxilioemergencial_ilpi@mdh.gov.br.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    Jorge Carvalho

    ± 4 horas

    Governo trabalhando em prol dos menos favorecidos. Parabéns ministra!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]