i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Moradores assustados

Bombas são encontradas enterradas em Alagoas

Primeiro artefato foi achado por acaso, durante obras de saneamento. Quatro foram localizados na zona urbana

  • PorG1/Globo.com
  • 15/09/2010 06:55

Bombas da Segunda Guerra Mundial foram encontradas enterradas em Maragogi (AL). Os moradores estão assustados.

O primeiro artefato foi descoberta por acaso, no início do ano. Durante as escavações de uma obra de saneamento, os operários acharam uma grande esfera de metal. Eles acreditavam que o objeto estava cheio de moedas e havia sido enterrado na época da ocupação holandesa.

A prefeitura pediu uma varredura na cidade e as investigações da Marinha confirmaram a desconfiança. Novas bombas foram encontradas. "A gente não tem a precisão de determinar se foram minas lançadas por americanos ou pelo Exército alemão. Elas chegaram e foram colocadas em antigas trincheiras cavadas pelo Exército brasileiro por ocasião da Segunda Guerra", diz André Pereira Meire, capitão dos portos de Alagoas.

Cada bomba pode causar destruição em uma área de raio de até 150 metros. Mesmo enterradas há tanto tempo, ainda apresentam risco de explosão.

Duas minas estão em uma praia na divisa entre Alagoas e Pernambuco, que é um dos principais cartões postais do município. Quatro artefatos foram encontrados na zona ubana. Um deles está perto de uma escola municipal. "Todo mundo fica receoso. É quase um mistério, a gente não sabe o que tem aí", conta uma moradora.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.