• 11/01/2021 10:55
Bloqueio nas redes sociais

Partido da Causa Operária sai em defesa de Trump: “Ação ditatorial dos monopólios”

  • 11/01/2021 10:55
    • Gazeta do Povo
    Partido da Causa Operária sai em defesa de Trump: “Ação ditatorial dos monopólios”
    PCO também cita as eleições presidenciais dos EUA foram “uma das eleições mais fraudulentas da história”.| Foto: Divulgação PCO

    O site Diário Causa Operária, de autoria do Partido da Causa Operária (PCO) – sigla que se autodefine como “verdadeiramente revolucionária e comunista” –, saiu em defesa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que teve sua conta bloqueadas em diversas redes sociais desde a invasão do Capitólio por apoiadores do republicano no dia 6 de janeiro.

    Em artigo publicado na sexta-feira (8), o veículo, que se intitula como um “diário independente e socialista”, afirmou que o bloqueio das redes sociais de Trump é “uma ação ditatorial dos monopólios” e se referiu às eleições presidenciais dos EUA, que elegeram o democrata Joe Biden, como “uma das eleições mais fraudulentas da história”.

    No texto, o partido destaca que nenhuma das publicações do presidente republicano que foram censuradas pelo Twitter incentivava os protestos e a ocupação do congresso. “Pelo contrário, em dois deles Trump pedia que não houvesse violência, que os guardas do Capitólio fossem deixados em paz e, em um terceiro, um vídeo de Trump pedia que os manifestantes voltassem para casa”. O artigo cita, ainda que a ação conjunta das redes sociais é antidemocrática.

    “A situação toda mostra que os monopólios das redes sociais são totalmente contrários à liberdade de expressão e estão transformando a internet, que tinha o potencial de ser um dos meios de comunicação mais democráticos e acessíveis à população, em um ambiente onde o único discurso presente é o que esteja de acordo com o que o imperialismo permite. É preciso sempre denunciar essas práticas antidemocráticas, mesmo quando elas ocorrem com elementos secundários da burguesia, que estão sendo oprimidos por seu setor fundamental”, cita o artigo.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.