Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Criminosos tentaram estourar um caixa eletrônico na Grande Curitiba, na madrugada desta quarta-feira (17). Desta vez, o alvo foi um terminal da Caixa Econômica Federal que fica dentro da Prefeitura de Campo Largo, Região Metropolitana da capital. Porém, os assaltantes não conseguiram explodir o caixa e fugiram do local sem dinheiro.

A informação inicial da sala de imprensa da Polícia Militar (PM) era de que os criminosos teriam explodido o terminal e levado o dinheiro, mas a informação foi corrigida pela PM de Campo Largo.

Segundo a corporação, um grupo de bandidos chegou armado à prefeitura, rendeu o vigilante que estava de plantão e foi até o caixa eletrônico. No terminal, após os criminosos colocarem os detonadores, houve falha na explosão, e o grupo armado fugiu do local sem levar dinheiro.

O vigilante não ficou ferido. A PM não soube informar quantos homens participaram da ação, nem qual o veículo utilizado por eles na fuga do local.

PM preso

Em meio à onda de explosões de caixas eletrônicos, na madrugada de terça-feira (16) a PM prendeu um policial militar em Curitiba suspeito de envolvimento em explosões desses equipamentos. O policial estava lotado no 13° Batalhão da PM. A prisão foi realizada em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça de Castro, nos Campos Gerais. A Polícia Civil do município é que investiga o caso.

Outros ataques

Ainda na terça-feira, a PM registrou um ataque a caixa eletrônico em uma empresa da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), também durante a madrugada. O alvo foi um terminal do HSBC. Na segunda-feira (15), bandidos explodiram um caixa eletrônico em uma empresa de Araucária, na RMC.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]