Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Veículos podem ser tão perigosos quanto armas de fogo | Divulgação/Ecovia
Veículos podem ser tão perigosos quanto armas de fogo| Foto: Divulgação/Ecovia
  • Imagens de armas de fogos foram associadas às principais infrações de trânsito cometidas pelos motoristas

Veículos podem ser tão perigosos quanto armas de fogo. Esse é o conceito da campanha "Armas" de conscientização dos motoristas lançada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pela concessionária Ecovia nesta segunda-feira (13). O objetivo da campanha é alertar e sensibilizar os condutores que vão trafegar entre Curitiba e as praias do Paraná pela BR-277 sobre os riscos que um motorista que não respeita às leis de trânsito representa na estrada.

O alerta é dado pela PRF também porque a temporada de verão 2010/2011 será longa. Aproximadamente 1,8 milhão de veículos devem trafegar nos dois sentidos da BR-277, entre Curitiba e Litoral do Paraná, entre 1º. de dezembro e 17 de março (o Carnaval será em 8 de março), segundo a previsão inicial da concessionária Ecovia, que administra o trecho. "Quatro milhões de pessoas devem passar pela BR-277 (entre Litoral e Curitiba) na temporada", afirmou o coordenador de tráfego da Ecovia, Marcelo Belão.

Segundo Belão, o fluxo de veículos nesta temporada deverá ser 20% maior do que aquele que foi registrado em 2009/2010, quando cerca de 1,5 milhão de veículos fizeram o percurso entre as praias do estado e a capital. Os dados foram computados entre 1º. de dezembro de 2009 e 21 de fevereiro (domingo após o Carnaval deste ano).

Campanha Imagens de armas de fogos foram associadas às principais infrações de trânsito cometidas pelos motoristas, como excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens em locais proibidos, conduzir falando ao celular, entre outras.

Entre as associações feitas na campanha estão que a "moto é uma arma nas mãos de quem corre", de que "o carro é uma arma nas mãos de quem fala ao celular, ou ainda que "o caminhão é uma arma nas mãos de quem "tá" com sono". O tamanho das armas será relacionado ao tamanho do veículo, para representar a ideia do acidente e da tragédia que pode ocorrer com cada um.

Cerca de 30 painéis serão colocados na BR-277 ao longo de 136 quilômetros entre a capital e as praias a partir de terça-feira (14) – se não chover. Foram desenvolvidas 17 frases para a campanha "Armas".

Além da rota para o Litoral, 23 painéis da campanha serão instalados no trecho da BR-277 entre Guarapuava, na região Centro-Sul do estado, e Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, que é administrado pela concessionária Ecocataratas (do mesmo grupo da Ecovia - Ecorodovias).

O chefe da comunicação social da PRF no Paraná, inspetor Fabiano Moreno, afirmou que o objetivo da campanha é reduzir a gravidade dos acidentes e evitar mortes nas estradas. Segundo ele, o objetivo não pode ser reduzir o número de acidentes porque a frota de veículos tem aumentado a cada ano e não seria possível ter um retrato fiel do que ocorre nas estradas.

Para atingir o objetivo da campanha, a PRF irá reforçar a fiscalização nos locais, horários e datas em que há o maior número de acidentes. "A fiscalização será constante, porém, a PRF irá focar estrategicamente onde e quando houver maior demanda", explicou Moreno.

Atendimento ao usuário

Com o aumento do número de usuários circulando entre Curitiba e o Litoral, a Ecovia reforçou os serviços de atendimento à população. Serão duas ambulâncias, nove guinchos, cinco veículos da concessionária e mais 30 colaboradores na praça de pedágio. Em caso de emergência na rodovia, o usuário pode telefonar para 0800-410-277.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]