i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Investigação

Carro de advogado morto é encontrado no Centro de Curitiba

Mário Lopes da Silva Neto, 30 anos, foi encontrado morto em um quarto de hotel no centro da capital na sexta-feira (8)

  • PorPatricia Pereira
  • 13/06/2012 16:50

Um automóvel modelo Chrysler PT Cruiser, ano 2006, foi localizado na tarde desta quarta-feira (13), na Rua Barão do Serro Azul, no Centro de Curitiba, onde estava estacionado desde a última sexta-feira (8). O carro pertencia ao advogado Mário Lopes da Silva Neto, 30 anos, que foi encontrado morto em um quarto de hotel da capital.

Comerciantes da região avisaram a polícia sobre o automóvel, que já havia recebido multas por estacionamento. O carro estava com alerta de furto e a polícia verificou que era do advogado. Uma perícia foi feita para buscar digitais que possam levar ao autor do crime e o veículo foi devolvido à família.

Lopes era natural de Paranaguá, casado, tinha três filhos e era usuário de drogas há dez anos, segundo depoimento do pai dele na Delegacia de Homicídios. Ele teria saído de casa por volta das 14h de quarta-feira (6) e não voltou mais. No dia seguinte, ele ligou para o pai pedindo R$ 500 para pagar uma dívida com traficantes. Ele disse ao pai que os traficantes já haviam levado seu carro. O pai fez o depósito e combinou de encontrar o filho em frente a uma boate. Como o homem não apareceu, a polícia foi acionada.

No mesmo dia, Lopes ligou para a mulher dele pedindo mais R$ 100. A mulher disse que não ia depositar e o telefone foi passado para um suposto traficante que estava com ele e insistiu para que o dinheiro fosse depositado. Policiais do Grupo Tigre retornaram a ligação para o número que apareceu no celular na noite de quinta-feira e uma mulher atendeu. Ela disse que Lopes estava bem e passou o telefone para ele, que conversou com a polícia por volta das 22h. Os policiais recomendaram que ele voltasse para casa.

O corpo do advogado foi encontrado na sexta-feira (8) no Hotel Itararé, que fica na Rua Conselheiro Laurindo, Centro. A polícia investiga as circunstâncias da morte do advogado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.