O feriado de Finados (2) levou um milhão de pessoas aos cemitérios da cidade do Rio de Janeiro. No estado, foram dois milhões de visitantes, segundo a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos.

No Cemitério do Caju, na Zona Portuária, a primeira missa foi celebrada pelo arcebispo Dom Oroni Tempesta. Ele pediu orações às vítimas das tragédias que aconteceram neste ano.

"É importante nós rezarmos por aqueles quer partiram e ajudarmos as pessoas que estão machucadas, sofrendo, a terem um pouco mais de paz, tranquilidade e confiança", disse o arcebispo.

Bombeiros aproveitaram a data para distribuir panfletos com orientações sobre como evitar o acumulo de água nos túmulos e eliminar criadouros do mosquito da dengue.

Neste data, os ídolos que já morreram também são lembrados. O túmulo do cantor Paulo Sérgio foi um dos mais visitados. A cantora Emilinha Borba também recebeu homenagens.

"Emilinha sempre foi muita alegria, né? A gente sente saudade, mas é conforme diz: saudade, sim, tristeza não. Então nós viemos aqui sempre", fala o presidente do fã clube da cantora, Mário Marinho.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]