Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. Cerca de 100 mil pessoas devem visitar cemitérios no Dia de Finados

Curitiba

Cerca de 100 mil pessoas devem visitar cemitérios no Dia de Finados

  • Gazeta do Povo
Túmulo da Maria Polenta é um dos mais visitados durante o Dia de Finados em Curitiba |
Túmulo da Maria Polenta é um dos mais visitados durante o Dia de Finados em Curitiba
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Cerca de 100 mil pessoas devem passar pelos quatro cemitérios municipais de Curitiba neste domingo (2), Dia de Finados, para prestar homenagens a entes queridos. Os portões ficarão abertos aos visitantes das 7 às 18h.

Para garantir o atendimento à população, todos os funcionários do Departamento de Serviços Especiais estarão de plantão nos cemitérios. O prazo para reformas de túmulos acabou na terça-feira (28) e a prefeitura já realizou a lavagem e a roçagem das sepulturas.

Em Curitiba, os túmulos mais visitados no dia de finados é o de Maria Bueno, que fica no Cemitério Municipal, no bairro São Francisco. Maria Bueno teve uma vida sofrida e morreu em 1893.

Outro túmulo muito visitado é o de Maria Polenta, no Cemitério Municipal Água Verde. Ela foi uma benzedeira conhecida na cidade e muitos fiéis acreditam em milagres que ela realizou. No Cemitério Municipal Água Verde estão sepultados também o artista plástico Poty Lazzarotto e o escritor Paulo Leminski.

Os outros dois cemitérios municipais da cidade são o Cemitério Municipal Santa Cândida, na Estrada de Colombo, s/nº, km 1, e o Cemitério Municipal do Boqueirão, na Rua Waldemar Loureiro Campos, nº 2977.

Informatização

Até o fim deste ano, a população poderá localizar o lugar exato de cada túmulo nos quatro cemitérios municipais de Curitiba pela internet, no site da prefeitura da cidade.

Um novo sistema vai uniformizar as informações sobre sepultamentos feitos nos cemitérios municipais São Francisco de Paula, Boqueirão, Santa Cândida e Água Verde. A pessoa poderá digitar o nome da pessoa falecida e o sistema informará em qual cemitério está o túmulo, com os dados da rua e da quadra.

De acordo com a prefeitura, para implementar o sistema com informações precisas foi necessário um trabalho de arruamento e mapeamento geográfico dos cemitérios. Todos os túmulos estão sendo recadastrados no sistema com as novas coordenadas. Antes da informatização, o controle era feito de forma não-integrada, e cada cemitério tinha sua maneira de organização.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE